Category Archives: Águas Belas

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Democracia e justiça social

Quando tentava escrever um texto a propósito do 25 de abril, e já emaranhada numa teia de conceitos, veio-me à memória uma conversa que se passou, há uns tempos, com uma criança, de oito ou nove anos, que me dizia: «Para mim a liberdade era poder sair deste bairro, sem ter de pagar bilhete».

Democracia e Justiça Social - Maria Rosa Afonso - Capeia Arraiana

Democracia e Justiça Social (Foto: D.R.)

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

À memória de um jovem morto na I Grande Guerra

Entre os mais de dois mil soldados mortos na Primeira Grande Guerra, está um da minha terra. Pude ver a sua fotografia, num quadro antigo, que uma sobrinha me mostrou, no último verão: um rapaz, jovem, bonito, julgo que vestido de militar. Chamava-se Joaquim Nabais, era de Águas Belas e morreu, no dia 17 de julho de 1917, em combate, na França.

Joaquim Nabais, natural de Águas Belas,  foi morto em combate em França na Primeira Guerra Mundial - Capeia Arraiana

Joaquim Nabais, natural de Águas Belas, foi morto em combate em França
na Primeira Guerra Mundial (Foto: Memorial virtual do Arquivo Histórico Militar)

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Crescem os radicalismos políticos

Cada vez que os movimentos radicais ganham terreno, em eleições europeias, o último caso foi Itália, mas já tinha acontecido noutros países (Hungria, Polónia, Holanda, Áustria, França, Alemanha,…), são os pilares democráticos: a dignidade humana, a igualdade perante a lei, os direitos humanos, a justiça, a separação de poderes, a laicidade do Estado…, que são postos em causa.

Radicalismo - Capeia Arraiana

Radicalismo

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Portugal no relatório da Amnistia Internacional

O Relatório Anual da Amnistia Internacional (2016/7), saído acerca de um mês, dá conta do estado global dos direitos humanos, referindo casos concretos, relatados por observatórios, comités, comissões… que fiscalizam os tratados internacionais e também por organizações não governamentais a trabalhar na área. Foram analisados 159 países e assinalados, para cada um, as violações e os progressos.

Amnistia Internacional - Capeia Arraiana

Amnistia Internacional

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Ciganos – é de inclusão que temos de falar

Apanhados pela violência do tornado que lhes destruiu, completamente, as barracas do acampamento, os ciganos de Faro continuam à espera que um programa habitacional qualquer, financiado não se sabe por quem, os inclua. Tal como, continuam à espera, muitas outras comunidades ciganas acantonadas aqui e ali.

Acampamento cigano - Capeia Arraiana

Acampamento cigano

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Marcas do tempo em que vivemos

Marcas do tempo em que vivemos: a mudança e os inevitáveis paradoxos. Seja por que voragem for: a da tecnologia, a da internet, a das redes sociais, a da comunicação social…, parece que vivemos, como nunca, num mundo em permanente mutação, onde tudo é transitório, onde tudo é descartável, como se de repente nada fosse para permanecer no tempo.

Em 1936 retratavam-se assim os «Tempos Modernos» - Charlie Chaplin - Capeia Arraiana

Em 1936 retratavam-se assim os «Tempos Modernos» (filme com Charlie Chaplin)

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Guerra da Síria – o cerco a Ghouta oriental

Ghouta Oriental é uma zona suburbana, dominada pelos rebeldes, às portas de Damasco, na Síria, onde vivem 400 mil pessoas cercadas. As últimas semanas têm sido de bombardeamentos diários, de grande impacto e destruição, com centenas de mortos, milhares de feridos e falta de alimentos, medicamentos e tudo o mais.

Guerra na Síria em Ghouta Oriental - Capeia Arraiana

Guerra na Síria em Ghouta Oriental [(Foto: Reuters D.R.)

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Vítimas de tráfico humano

Sei que naquela casa há pessoas «presas», a quem tiraram o passaporte, vigiam o uso do telemóvel e impedem de andar livremente pela cidade. De porta fechada e sempre alguém controlando todos os movimentos, não parece restar-lhes outra alternativa.

Tráfico de seres humanos - Capeia Arraiana

Tráfico de seres humanos

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Palmas para os campeões europeus de Futsal

As seleções nacionais representam o país e, por isso, de algum modo, a todos nós. Quando ganham, se ouve o hino nacional e se vê hastear a bandeira, há uma emoção partilhada que nos enche de alegria e de autoestima. Foi o que a aconteceu, no dia 10 de fevereiro, quando a seleção de Futsal ganhou o campeonato da Europa.

Selecção Nacional de Futsal recebida pelo Presidente da República no Palácio de Belém - Capeia Arraiana

Selecção Nacional de Futsal recebida pelo Presidente da República no Palácio de Belém (Foto: D.R.)

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Cimeiras e problemas globais

Todos sabem que as alterações climáticas são reais, que as catástrofes naturais põem o mundo em risco, que a desertificação de vastas áreas e a inundação de outras deixam populações imensas sem recursos alimentares, que as zonas suburbanas de muitas cidades tendem a explodir, que as migrações em massa vão ocorrer…, e também todos sabem que as respostas só podem ser globais e concertadas.

Cimeira de Davos 2018 na Suíça

Cimeira de Davos 2018 na Suíça

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Desinteresse pela participação cívica

Chegou-se a um ponto, já perdemos a conta ao número de processos judiciais, envolvendo políticos, banqueiros, altos quadros da administração pública…, em que precisamos saber, com clareza, o que realmente aconteceu. Caso contrário, confiar em alguém, torna-se uma quase impossibilidade e, por arrasto, comprometida a nossa participação na vida social e política.

Sentimento de desconfiança dos cidadãos - Capeia Arraiana

Sentimento de desconfiança dos cidadãos

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

A coesão social em debate

No passado dia 19 de janeiro, o Conselho de Estado analisou o tema da coesão social, na perspetiva da Estratégia Nacional para o Portugal 2030. Está, portanto, na ordem do dia – o governo criou um site onde dá informações e pede contributos – saber de que modo, com que tipo de projetos, apoiados por fundos europeus, se pode beneficiar a coesão social do país.

Solidariedade e Coesão Social - Capeia Arraiana

Solidariedade e Coesão Social

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Imigrantes ilegais na Europa

Olho os jovens africanos e talvez, também, asiáticos que, por esta altura, tentam passar da Itália para França, atravessando os Alpes, não imaginando os perigos da neve e das temperaturas extremas que os podem conduzir à morte.

Emigrantes ilegais nos Alpes - Capeia Arraiana

Imigrantes ilegais nos Alpes

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Os sem-abrigo – faces da exclusão

Há pouco tempo, num domingo à noite, quando saí do expresso do Sabugal e atravessei a gare do Oriente, em Lisboa, para apanhar o Metro, dei-me conta da quantidade de pessoas, sem-abrigo, que por ali deambulavam e se preparavam para passar a noite: uns compondo cartões, outros sentados ou já deitados naquela espécie de banco nas laterais da estação.

Sem-abrigo na Estação do Oriente em Lisboa - Capeia Arraiana

Sem-abrigo na Estação do Oriente em Lisboa (Foto: D.R.)

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Quando se põe em causa o interesse comum…

As instituições são entidades jurídicas, com estatutos, regulamentos e objetivos definidos que todos podem conhecer. Por isso, quando vamos a qualquer instituição temos a expetativa de ser bem tratados e de ver os nossos direitos respeitados e os nossos assuntos resolvidos.

Função Pública - Capeia Arraiana

Função Pública (Foto: D.R.)

Os bens da igreja de Águas Belas

:: :: ÁGUAS BELAS :: :: O arrolamento dos bens das igrejas e capelas de Águas Belas, no concelho do Sabugal, foi coligida pela comissão concelhia de inventário em 16 de Março de 1912. Para além da sede de freguesia foram contados e arrolados os bens imóveis, móveis e imagens das anexas Espinhal, Vale Mourisco e Quinta do Clérigo. Transcrevemos, na íntegra, os documentos existentes no respectivo processo.

Águas Belas -. Sabugal - Igreja Matriz - Capeia Arraiana

Igreja Matriz de Santa Maria Madalena (1756) – Águas Belas – Sabugal (Foto: D.R.)

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Ter uma terra… partilhar pertenças

Pertencer a uma terra, é ter um conjunto de referências, coladas à pele, que marcam de forma indelével o modo como vivemos, olhamos o mundo e nos relacionamos com os outros, mesmo que tenhamos, ao longo da vida, adquirido outras igualmente importantes.

Freguesia de Águas Belas no concelho do Sabugal - Capeia Arraiana

Freguesia de Águas Belas no concelho do Sabugal

Câmara Municipal Sabugal - © Capeia Arraiana

Contratações e ajustes no Município do Sabugal (56)

O Capeia Arraiana está a publicar as contratações da Câmara Municipal do Sabugal e de entidades públicas que, por ajuste directo, envolvam o concelho sabugalense desde as eleições autárquicas de Setembro de 2013 até Setembro de 2017. As regras da contratação pública previstas no Código dos Contratos Públicos aplicam-se a todo o sector público administrativo tradicional: o Estado, as Autarquias Locais, as Regiões Autónomas, os Institutos Públicos, as Fundações Públicas, as Associações Públicas e as Associações de que façam parte uma ou várias pessoas colectivas referidas anteriormente. :: AGOSTO de 2016 ::

Casa do Castelo - Casa da História Judaica da Raia do Sabugal - Capeia Arraiana

Casa do Castelo – Casa da História Judaica da Raia do Sabugal

João Póvoas Verdelho - © Capeia Arraiana

«Chave do Abismo» de Goreti Carmo Ferreira

A descendente das terras sabugalenses Goreti Carmo Ferreira apresentou em Lisboa o livro de sua autoria «Chave do Abismo». O jovem João Póvoas Verdelho traça o perfil da autora e lança alguma luz sobre o conteúdo da obra literária apresentada.

A autora do livro (à direita) com amigos sabugalenses

A autora do livro (à direita) com amigos sabugalenses

Jesué Pinharanda Gomes - Carta Dominical - © Capeia Arraiana

Variações sobre a batata

A propósito da cultura da batata no concelho do Sabugal.
Sem que o tivesse procurado, veio ter-me às mãos um opúsculo de 27 páginas, intitulado «Cultivo de la Papa (Patata)», da autoria de um economista chamado Gustavo Echavarria, opúsculo esse publicado pelas Ediciones del Ministeriode la Economia Nacional da Colômbia, através da Imprensa Nacional deste País, sem indicação da data, mas talvez publicado há mais de setenta anos.

O concelho do Sabugal foi importante produtor de batata

O concelho do Sabugal foi importante produtor de batata

Bombeiros - © Capeia Arraiana (orelha)

Incêndio deixa populações mais isoladas

O incêndio que lavrou no concelho do Sabugal no último fim de semana, deixou populações sem televisão, internet e telefone, incluindo aldeias que não foram atingidas pelas chamas. A actividade agrícola foi também muito afectada.

O incêndio destruiu as comunicações

O incêndio destruiu as comunicações

Por amor da Santa…

Pensamento do dia - Capeia Arraiana

Por amor da Santa! Não há promoção turística do concelho do Sabugal que resista a tanta idiotice. Há uns bárbaros lá para a Beira Alta, junto ao rio Côa, em terras sabugalenses que têm como tradição «pôr» as crianças a fumar. Mesmo que ninguém saiba por que motivo se acendeu tão estúpida ideia. O Sabugal no seu melhor…

Crianças a fumar no Sabugal - RTP _ Capeia Arraiana

Crianças a fumar no Sabugal (imagem: RTP)


Ele há coisas…
José Carlos Lages

Joaquim Manuel Correia - © Capeia Arraiana

Memórias sobre o Concelho do Sabugal (2)

:: :: ÁGUAS BELAS :: :: O livro «Terras de Riba-Côa – Memórias sobre o Concelho do Sabugal», escrito há mais se um século por Joaquim Manuel Correia, é a grande monografia do concelho. A obra fala-nos da história, do património, dos usos e dos costumes das nossas terras, pelo que decidimos reproduzir a caracterização de cada uma das aldeias nos finais do século XIX, altura em que o autor escreveu as «Memórias».

Águas Belas -. Sabugal - Igreja Matriz - Capeia Arraiana

Igreja Matriz de Santa Maria Madalena (1756) – Águas Belas – Sabugal (Foto: D.R.)

Censos 1758 - © Capeia Arraiana

Freguesias do concelho do Sabugal em 1758 (2)

:: :: ÁGUAS BELAS :: :: Os manuscritos depositados na Torre do Tombo, em Lisboa, são a resposta a um inquérito censório a todo o reino assinado pelo Marquês de Pombal três anos após o terramoto de 1755. O Capeia Arraiana está a publicar as respostas dos párocos das paróquias das 40 freguesias do concelho do Sabugal agora que, pelo menos 10 das retratadas, vão desaparecer para sempre por obra e graça dos senhores mandantes da troika europeia.

Águas Belas -. Sabugal - Igreja Matriz - Capeia Arraiana

Igreja Matriz de Santa Maria Madalena (1756) – Águas Belas – Sabugal (Foto: D.R.)

Anuáriio Comercial Portugal - 1942 © Capeia Arraiana

O concelho do Sabugal em 1942 (5)

Continuando a fazer a caracterização do concelho do Sabugal no ano de 1942, com base na 62ª edição do Anuário Comercial de Portugal, vamos agora expor quem eram os agricultores, os proprietários, negociantes e profissionais de duas freguesias do concelho: ÁGUAS BELAS e ALDEIA DO BISPO.

Câmara Municipal Sabugal - © Capeia Arraiana

Contratações e ajustes no Município do Sabugal (2)

O Capeia Arraiana está a publicar as contratações da Câmara Municipal do Sabugal e de entidades públicas que, por ajuste directo, envolvam o concelho sabugalense entre Janeiro de 2012 e Dezembro de 2013. As regras da contratação pública previstas no Código dos Contratos Públicos aplicam-se a todo o sector público administrativo tradicional: o Estado, as Autarquias Locais, as Regiões Autónomas, os Institutos Públicos, as Fundações Públicas, as Associações Públicas e as Associações de que façam parte uma ou várias pessoas colectivas referidas anteriormente. FEVEREIRO de 2012.

Poetando – Águas Belas

Manuel Leal Freire - Capeia Arraiana«Poetando» é a coluna de Manuel Leal Freire no Capeia Arraiana, na qual a cada domingo vai publicando poemas inéditos, cada um dedicado a uma aldeia do concelho do Sabugal. Este Município raiano, um dos maiores do País em termos de extensão territorial, tem 40 freguesias, algumas delas com anexas, sendo no total exactamente 100 (cem) o número das localidades do concelho do Sabugal. Nesta edição o escritor e poeta bismulense dedica um soneto a Águas Belas, freguesia da margem esquerda do rio Côa. Nos próximos domingos serão editados os poemas relativos às aldeias anexas de Águas Belas: Vale Mourisco, Espinhal e Quinta do Clérigo.

ÁGUAS BELAS

A ciência popular, por milenária
Atestam-na os selos dos espertos
Mas sendo em sua essência una e vária
Tem cânones dia a dia descobertos

Por isso, em aforismos sempre certos
Se encerra uma verdade e a contrária
São ditos por outros ditos recobertos
Mas sempre a experiência a emissária

Em azulejo aposto numa fonte
Alguém mandou gravar para que conste
E sirva de recado pra donzelas

Quando se busque água ou mulher
Só se for pura e boa é que se quer
Que assim é que são as águas belas

«Poetando», homenagem às terras sabugalenses de Manuel Leal Freire

PSD alcança três deputados no distrito da Guarda

O PSD alcançou um resultado histórico no distrito da Guarda elegendo três dos quatro deputados e alterando o tradição equilíbrio (2 e 2) entre os PSD e o PS. O PSD venceu em todos os concelhos do distrito da Guarda tendo alcançado no concelho do Sabugal 3472 votos (48,20%) contra 2004 (27,82%) do PS.

No círculo eleitoral da Guarda o Partido Social Democrata elegeu três deputados – Manuel Meirinho, Carlos Peixoto e Ângela Guerra – e o Partido Socialista apenas um deputado – Paulo Campos – ficando de fora, como grande derrotado da noite, José Albano que se posicionava em segundo lugar. O distrito da Guarda elege quatro deputados e tradicionalmente têm sido divididos entre os sociais-democratas e os socialistas.
Manuel Meirinho em declarações à agência Lusa considerou que a candidatura do PSD alcançou «um resultado histórico». O Partido Social Democrata, liderado pelo politólogo independente, alcançou 46,32 por cento dos votos, elegendo três deputados. Já o PS conseguiu 28,31 por cento dos votos e elegeu apenas um deputado, o que já não ocorria desde 1995, altura em que os dois partidos passaram a eleger dois deputados cada.
«É um resultado histórico para o distrito, que expressa o esforço feito numa campanha de proximidade junto das pessoas, séria e serena, muito transparente e muito sóbria», afirmou à Lusa Manuel Meirinho, eleito deputado pelo distrito da Guarda, tal como Carlos Peixoto e Ângela Guerra. Segundo Manuel Meirinho, os eleitores do distrito «preferiram a seriedade a uma campanha feita de forma agressiva e com algum vazio do ponto de vista das ideias» e garantiu que o partido trabalhou para obter «uma grande vitória».
Quanto ao facto de a lista distrital ter sido liderada por um independente, disse que a «mistura» de militantes e de independentes «mostra aos eleitores que os partidos são estruturas abertas».

ELEIÇÕES LEGISLATIVAS  –  5-6-2011
DISTRITO DA GUARDA

CONCELHO DO SABUGAL  –  FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Penalobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Valongo do Côa Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)

jcl

Fogos florestais já são motivo de preocupação

A necessidade de alertar as populações para o perigo de incêndio no verão que se aproxima levou a GNR, através do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) a executar um programa de prevenção que passa por diversas sessões de esclarecimento, que também passam pelo concelho do Sabugal.

A principal preocupação é com a necessidade de limpar os terrenos em redor de casas isoladas e de povoações envolvidas por floresta ou por mato.
O Comando Territorial da GNR da Guarda está já no terreno para esclarecer os principais factores ligados à prevenção de incêndios florestais e à defesa da floresta. As acções fazem-se no quadro do Plano Distrital de Prevenção relativo a aglomerados populacionais, edificações isoladas e perímetros florestais.
O SEPNA está a proceder ao levantamento das situações de maior risco, de modo a alertar para a necessidade de uma intervenção urgente. Ao mesmo tempo os homens da GNR estão já no terreno a exercer também a acção fiscalizadora, verificando as situações de flagrante incumprimento da legislação em vigor.
Entre Janeiro e Maio deste ano, o SEPNA levantou 29 autos a particulares que não procederam à limpeza dos terrenos, salientou o tenente-coronel Silva Lourenço à Lusa, acrescentando que houve ainda outros casos detectados que foram «relatados e enviados à entidade administrativa competente» para que sejam accionados os mecanismos legais que conduzam à eventual aplicação de coima.
«Há casos em todos os concelhos do distrito da Guarda», disse ainda o responsável da GNR.
Uma primeira acção foi efectuada em Aldeia de Santo António, concelho do Sabugal, no dia 19 de Maio, onde foram explicados procedimentos mais comuns, como em situações de incumprimento de limpeza de terrenos, investigação de incêndio, recolha de água para análise e fiscalização de pescadores na albufeira da barragem da Senhora da Graça, no Sabugal.
O SEPNA da Guarda dispõe de um total de 47 homens, que será em breve reforçado com mais dois elementos.
Na área de competência do SEPNA da Guarda incluem-se os Parques Naturais da Serra da Estrela e do Douro Internacional e a Reserva Natural da Serra da Malcata.
No concelho do Sabugal o SEPNA tem ainda agendadas outras acções de sensibilização durante as próximas semanas. As sessões ainda previstas acontecerão às 21h00, nas Juntas de Freguesias de Fóios (a 26 de Maio), Águas Belas (a 2 de Junho), Casteleiro (a 9 de Junho) e Nave (a 16 de Junho).
plb

Autárquicas 2009 no concelho do Sabugal (3)

CÂMARA MUNICIPAL – Resultados finais no Concelho do Sabugal.

ELEIÇÕES PARA AS AUTARQUIAS LOCAIS – 11-10-2009

CÂMARA MUNICIPAL DO SABUGAL

CONCELHO DO SABUGAL – FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Penalobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Valongo do Côa Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)


Fonte: DGAI-Direcção-Geral da Administração Interna.
jcl e plb

Autárquicas 2009 no concelho do Sabugal (2)

ASSEMBLEIA MUNICIPAL – Resultados finais no Concelho do Sabugal.

ELEIÇÕES PARA AS AUTARQUIAS LOCAIS – 11-10-2009

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DO SABUGAL

CONCELHO DO SABUGAL – FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Penalobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Valongo do Côa Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)


Fonte: DGAI-Direcção-Geral da Administração Interna.
jcl e plb

Autárquicas 2009 no concelho do Sabugal (1)

JUNTAS DE FREGUESIA – Resultados finais no Concelho do Sabugal.

ELEIÇÕES PARA AS AUTARQUIAS LOCAIS – 11-10-2009

JUNTAS DE FREGUESIA DO SABUGAL

CONCELHO DO SABUGAL – FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Penalobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Valongo do Côa Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)


Fonte: DGAI-Direcção-Geral da Administração Interna.
jcl e plb

Partido Socialista ganha no Sabugal e na Guarda

O Partido Socialista (PS) venceu as eleições para a Assembleia da República no distrito da Guarda com 36.825 votos que correspondem a 35,97% do total dos eleitores votantes enquanto o Partido Social Democrata (PSD) obteve 36.419 votos (35,57%). No concelho do Sabugal os socialistas venceram também, com 2.924 votos (35,67%) tendo os social-democratas alcançado 2.857 votos (34,85%). Na terceira posição ficou o CDS-PP, que obteve 1.008 votos (12,3%).

O PS e o PSD (separados por 406 votos) foram os dois partidos mais votados nas 336 freguesias dos 14 concelhos do distrito da Guarda. Foram às urnas 102.380 eleitores (58,33%) num universo de 175.522 votantes. Os resultados provocaram a repetição da divisão (dois para cada lado) dos quatro deputados do círculo eleitoral da Guarda. O PS elegeu os candidatos Francisco José Pereira de Assis Miranda e José Albano Pereira Marques e o PSD assegurou António Carlos Sousa Gomes da Silva Peixoto e João José Pina Prata.
Nas 40 freguesias do concelho do Sabugal votaram 8197 eleitores (50,28%) num total de 16304 inscritos nos cadernos eleitorais.

ELEIÇÕES PARA A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA – 27-9-2009
DISTRITO DA GUARDA CONCELHO DO SABUGAL
Total – 14 Concelhos Total – 40 Freguesias

(Clique nas imagens para ampliar.)

No concelho do Sabugal o Partido Social Democrata (PSD) venceu em 23 freguesias contabilizando 2857 votantes (34,58%). O Partido Socialista (PS) obteve o primeiro lugar em 16 freguesias com 2924 votos (35,67%): Aldeia da Ponte, Aldeia de Santo António, Bendada, Bismula, Casteleiro, Fóios, Malcata, Moita, Quadrazais, Quintas de S. Bartolomeu, Rebolosa, Sabugal, Santo Estêvão, Sortelha, Vila Boa e Valongo. Em Badamalos houve um empate entre os dois partidos, ambos obtendo 13 votos.

O Capeia Arraiana publica de seguida os resultados finais das eleições para a Assembleia da República nas freguesias do concelho do Sabugal.

ELEIÇÕES PARA A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA – 27-9-2009
CONCELHO DO SABUGAL – FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Penalobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Valongo do Côa Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)

Concelho do Sabugal – Total de Inscritos: 16304. Votantes: 8197 (50,28%).
Em Branco: 109 (1,33%). Nulos: 176 (2,15%).
jcl e plb

Câmara inaugura Zona Empresarial do Espinhal

No dia de reflexão para as eleições legislativas, 26 de Setembro (sábado), pelas 15 horas, a Câmara Municipal do Sabugal realiza uma cerimónia de inauguração da nova Zona Rural Prioritária de Localização Empresarial do Alto do Espinhal.

abril 004São cerca de 12 hectares, divididos em sete lotes que já se encontram adquiridos por diversas empresas que aí vão implantar-se.
O espaço inicialmente destinado pela autarquia para zona empresarial revelou-se pequeno para fixar algumas das empresas interessadas, pelo que a Câmara Municipal adquiriu a particulares mais 17 hectares de terreno, com o intuito de colmatar a procura verificada.
Segundo uma nota da Câmara Municipal do Sabugal, «nesta área teremos a oportunidade de assistir à fixação de empresas ligadas ao ramo das novas tecnologias, nomeadamente, o Biodisel, Transportes e Logística e o CIRVA da Cova da Beira, entre outras». Essas empresas «vão criar postos de trabalho, o “ganha pão” sempre bem-vindo a todos quantos ambicionam um emprego aliado a uma realização profissional».
«A Zona de Localização Empresarial do Alto do Espinhal foi estrategicamente concebida, na medida em que a proximidade com a ligação à A23, uma das principais auto-estradas do país, certamente trará vantagens para as empresas e para a população do concelho do Sabugal, será uma porta de entrada para os empresários, para os turistas e para os visitantes», conclui a nota do Município.
plb

Câmara do Sabugal faz avaliação dos prejuízos

O executivo da Câmara Municipal do Sabugal fez esta sexta-feira, 4 de Setembro, uma primeira avaliação dos danos registados no concelho pelos incêndios florestais da última semana. «As freguesias mais afectadas devem ser Sortelha e a Moita e os prejuízos totais estão estimados entre sete a dez milhões de euros», disse à agência Lusa o presidente da autarquia.

Incêndio no Sabugal - Foto Joaquim Tomé (Tutatux)

Na reunião de hoje do executivo municipal foi discutida uma «primeira avaliação» dos danos registados no concelho, que estão, sobretudo, relacionados com «a agricultura e a floresta».
O documento analisado, elaborado pela autarquia em colaboração com os serviços regionais do Ministério da Agricultura, não traduz um «levantamento exaustivo» dos prejuízos, sendo que o relatório final só deverá ficar pronto «na próxima semana».
«Ainda não temos o registo de todos os proprietários que foram afectados pelas chamas», adiantou Manuel Rito, presidente da Câmara sabugalense, contando que «todas as freguesias atingidas têm gente com a agricultura afectada e parece que as mais afectadas serão Sortelha e Moita».
«Há agricultores «que perderem cem por cento das pastagens para o gado», daí que a autarquia também tenha deliberado, em colaboração com a Acrisabugal-Associação de Criadores de Ruminantes do Concelho do Sabugal «a aquisição de forragens para distribuição gratuita aos criadores de gado do concelho».
Na habitual reunião das sextas-feiras foi, também, decidido que na Zona de Caça Municipal a caça ficará apenas permitida «a proprietários» e foram pedidos apoios para que os habitantes tenham subsídios para «aquisição de lenha».
A autarquia também vai pedir ao Governo «que possa implementar no concelho o cadastro geométrico da propriedade, para que a Câmara possa implementar o agravamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) aos proprietários que não limpem os terrenos, para que se possa pensar em emparcelamento no futuro», adiantou o autarca que se mostrou satisfeito pelo facto de o Ministério da Agricultura ter hoje anunciado medidas de apoio aos agricultores da região.
O Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas anunciou em comunicado ter decidido «com base num primeiro inventário realizado por técnicos no dia seguinte à extinção do fogo, criar um conjunto de medidas de apoio aos agricultores lesados».
A nota adianta que «haverá um apoio extraordinário para os agricultores afectados, destinado à alimentação animal, que será de cinquenta euros por cabeça de ovino e caprino e de cem euros por cabeça de bovino».
O Governo também vai «conceder ajudas à reposição do potencial produtivo (medida inscrita no PRODER-Programa de Desenvolvimento Rural) no máximo de apoio legalmente previsto, ou seja, cinquenta por cento a fundo perdido».
«Este apoio permitirá reparar, por exemplo, situações de perda de olival, de vinhas, de animais mortos, de colmeias e também de equipamentos agrícolas, caso de motores de rega e tubagens», salienta a nota ministerial.
O primeiro inventário realizado detectou prejuízos nas freguesias de Bendada, Casteleiro, Moita, Sortelha, Santo Estêvão, Aldeia de Santo António, Água Belas, Baraçal, Quintas de S. Bartolomeu, Rapoula, Vila do Touro, Vale de Espinho, Quadrazais, Foios e Soito.
jcl (com agência Lusa)

Por favor ajudem os agricultores do Sabugal

A tragédia do Sabugal tem sido, esta sexta-feira, notícia de abertura na rádio TSF. Em declarações à estação radiofónica o ministro do Agricultura, Jaime Silva, anunciou a abertura de uma linha de apoio com 50 por cento a fundo perdido para candidaturas individuais de agricultores das 15 freguesias atingidas.

Agricultores do Sabugal combatem os incêndios - Foto Joaquim Tomé (Tutatux)

O desespero deu origem à luta pela sobrevivência nem que para isso seja necessário ir buscar alimentos a Espanha. Os agricultores do Sabugal precisam da ajuda de todos e em especial das associações vocacionadas para o desenvolvimento e para a agricultura que devem seguir o exemplo da ADAG-Associação Distrital de Agricultores da Guarda que já veio exigir ajudas imediatas do Governo.
O Ministério da Agricultura vai apoiar com 50 euros por ovino e 100 euros por bovino a alimentação dos animais. A reposição das vinhas e olivais que arderam têm um subsídio a 50 por cento a fundo perdido. O levantamento vai ser feito caso a caso, agricultor a agricultor e vão ser necessárias candidaturas individuais prévias ao Proder-Programa de Desenvolvimento Rural.
O inventário actual e provisório indica que foram 15 as freguesias do Sabugal afectadas pelos incêndios. O fogo queimou mais de 11 mil hectares de terreno o que equivale a um prejuízo entre 7 a 10 milhões de euros.
«Por aqui ainda ninguém veio oferecer ajuda tão-pouco para conhecer tamanha aflição», pode ouvir-se na reportagem da TSF.

Noticiário da TSF.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


Por favor ajudem os agricultores do Sabugal.
jcl

Rescaldo dos incêndios no Sabugal – RTP

[vodpod id=Groupvideo.3333152&w=425&h=350&fv=image%3Dhttp%3A%2F%2Fimg.rtp.pt%2Ficm%2Fnoticias%2Fimages%2Fa4%2Fa4ffa7016d3370895e5e87605e7d9b6f_N.jpg%26streamer%3Drtmp%3A%2F%2Fvideo2.rtp.pt%2Fflv%2FRTPFiles%26file%3D%2Finformacao%2Fincendiosabugal_39949.flv]

Chamas causam prejuízos elevados em Sortelha

O presidente da Junta de Freguesia da Aldeia Histórica de Sortelha, no Sabugal, adiantou hoje à agência Lusa que o incêndio que começou no sábado à noite em Ribeira da Nave causou «prejuízos elevados e os animais ficaram sem alimentos».

Luís Paulo«A área da freguesia ardeu toda», disse à agência Lusa Luís Paulo, presidente da Junta de Freguesia da Aldeia Histórica de Sortelha, recordando que é a segunda maior freguesia em área do concelho do Sabugal com cerca de 43 quilómetros quadrados.
O autarca contou que o fogo deixou um rasto de destruição na zona, causando «prejuízos elevados que ainda não estão contabilizados, queimou animais, arrecadações agrícolas e árvores, sobretudo castanheiros e oliveiras».
Os habitantes das povoações vizinhas, rodeadas pelas chamas, contaram à Lusa que não dormiram durante a noite, tendo ficado «a guardar o fogo, para que não chegasse às casas».
«Durante a noite o fogo atacou mais a povoação da Moita, mas de manhã chegou aqui ao Casteleiro. Deitei-me por volta da uma da manhã mas não consegui dormir e alguns vizinhos estiveram acordados toda a noite», contou Micaela Marques, 77 anos, moradora na aldeia de Casteleiro.
Na vizinha localidade de Terreiro das Bruxas, Maria Fernandes, 68 anos, relatou à Lusa que «foi tudo muito rápido e a aldeia foi lambida pelo fogo, que chegou mesmo às casas porque o vento mudou muito depressa e quando demos conta estava já aqui na povoação onde destruiu oliveiras e carvalhos e pôs uma padaria em perigo».
Na aldeia de Urgueira, também fustigada pelas chamas, Maria Nabais, relatou que «o fogo andou de volta do povo mas não arderam casas». «O meu marido esteve toda a noite a vigiar o fogo e não dormiu», contou.

Tragédias contadas na primeira pessoa e que nos atingem a todos.
jcl

Incêndios no Sabugal – Quinta do Anascer

Segundo informação da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) deu-se uma reactivação do incêndio da Quinta do Anascer com o combate a evoluir favoravelmente. Foram activados o Plano Municipal de Emergência, o Comandante das Operações de Socorro (COS) e o Comandante Operacional Distrital. O Posto de Comando Operacional (PCO) está situado junto ao depósito de água no Alto do Espinhal. Estão a combater o incêndio da Quinta do Anascer 340 bombeiros, 113 viaturas e sete meios aéreos – dois helicópteros, dois aviões de ataque inicial e três aviões bombardeiros, dois deles Canadair espanhóis.

MAPA DO INCÊNDIO – SABUGAL – 31-8 / 1-9-2009
QUINTA DO ANASCER – NÃO CIRCUNSCRITO
1-9-2009
10:15 Accionados 2 aviões bombardeiros pesados Canadair espanhóis
9:30 Accionado 1 helicóptero bombardeiro pesado Kamov
7:30 Accionados 2 aviões bombardeiros pesados Canadair
2:48 Incêndio circunscrito
2:22 Veículo de planeamento, comando e comunicações no local
2:15 Grupo de reforço para combate a incêndios florestais
de Castelo Branco no local
2:14 Grupo de reforço para combate a incêndios florestais
de Portalegre no local
Grupo de reforço para combate a incêndios florestais
de Évora no local
2:13 Grupo de reforço para combate a incêndios florestais
de Santarém no local
0:43 Activado o Plano Municipal de Emergência
do Município do Sabugal
0:16 Comandante das Operações de Socorro (COS)
Comandante do Corpo de Bombeiros de Belmonte
31-8-2009
21.50 Veículo de planeamento, comando e comunicações no local
21:33 Incêndio com duas frentes activas
12:11 Comandante das Operações de Socorro (COS)
2.º Comandante Operacional Distrital de Castelo Branco
11:10 Incêndio com duas frentes activas
11:09 Comandante das Operações de Socorro (COS)
2.º Comandante Operacional Distrital de Castelo Branco
11:07 Posto de Comando Operacional (PCO) situado junto
à Barragem de Escarigo
9:15 Veículo de planeamento, comando e comunicações a caminho

jcl

PSD vence no Sabugal e no distrito da Guarda

O PSD venceu as eleições para o Parlamento Europeu no distrito da Guarda com 25.783 votos que correspondem a 40,76% do total dos eleitores votantes enquanto o PS obteve 17.032 votos (26,92%). No concelho do Sabugal os sociais-democratas foram o partido mais votado com 2065 votos (41,95%) tendo os socialistas alcançado 1248 votos (25,35%).

ELEIÇÕES PARA O PARLAMENTO EUROPEU – 7-6-2009
DISTRITO DA GUARDA CONCELHO DO SABUGAL

(Clique nas imagens para ampliar.)

No concelho do Sabugal o Partido Social Democrata (PSD) venceu em 35 freguesias. O Partidos Socialista obteve o primeiro lugar em Valongo do Côa, Moita, Fóios, Casteleiro e Bendada. Em Aldeia Velha o MEP, de Laurinda Alves (com raízes na freguesia), obteve o segundo lugar com 35 votos.

O Capeia Arraiana publica, de seguida, os resultados finais das eleições ao Parlamento Europeu nas freguesias do concelho do Sabugal.

ELEIÇÕES PARA O PARLAMENTO EUROPEU – 7-6-2009
CONCELHO DO SABUGAL – FREGUESIA A FREGUESIA
Águas Belas Aldeia da Ponte Aldeia da Ribeira Aldeia S.António Aldeia do Bispo
Aldeia Velha Alfaiates Badamalos Baraçal Bendada
Bismula Casteleiro Cerdeira Fóios Forcalhos
Lageosa da Raia Lomba Malcata Moita Nave
Pena Lobo Pousafoles Quadrazais Quintas S. B. Rapoula do Côa
Rebolosa Rendo Ruivós Ruvina Sabugal
“>
Santo Estêvão Seixo do Côa Sortelha Soito Vale das Éguas
Vale de Espinho Vale Longo Vila Boa Vila do Touro Vilar Maior

(Clique nas imagens para ampliar.)


Concelho do Sabugal – Total de Inscritos: 16763. Votantes: 4923 (29.37%).
Em Branco: 209 (4,25%). Nulos: 133 (2,7%).
jcl