Category Archives: Malhada Sorda

José Fernandes - Do Côa ao Noémi - © Capeia Arraiana

Poldras Pontões e Pontes (7)

:: :: O Pontão de Porto de Ovelha :: :: – Este pontão é o maior pontão do Côa e provavelmente um dos maiores do país. Hoje, o pontão continua a existir no mesmo local mas o seu uso diminuiu com a construção de uma nova ponte a montante.

Pontão de Porto de Ovelha – margem esquerda – montante para jusante

Pontão de Porto de Ovelha – margem esquerda – montante para jusante

Monumentos - © Capeia Arraiana

Anta da Malhada Sorda é de interesse público

A Anta da Pedra de Anta, ou Anta da Malhada Sorda, no concelho de Almeida, foi classificada como sítio de interesse público pelo Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier.

A Anta da Malhada Sorda

A Anta da Malhada Sorda

José Fernandes - Do Côa ao Noémi - © Capeia Arraiana

Brasão, Selo e bandeira (8)

:: :: MALHADA SORDA :: :: – É a Senhora da Ajuda o elemento que mais une a comunidade da Malhada Sorda. Os símbolos do seu brasão refletem outras situações igualmente identitárias como sejam a olaria e a Banda de Música.

Capela de Nossa Senhora da Ajuda

Capela de Nossa Senhora da Ajuda

Manuel Leal Freire - © Capeia Arraiana

Nossa Senhora da Ajuda

Manuel Leal Freire brinda-nos com uma sequência de sonetos alusivos às mil e uma invocações de Nossa Senhora. Em cada semana, ao domingo, a poesia do bismulense de pena firme e de memória prodigiosa deslumbra-nos com a exortação aos nossos inúmeros santuários marianos.

Capela da Senhora da Ajuda na Malhada Sorda

Capela da Senhora da Ajuda na Malhada Sorda

Festa Brava Raiana - Fred do Soito - © Capeia Arraiana

Capeias na Malhada Sorda

O raiano Fred do Soito divulga aqui no Capeia Arraiana na rubrica «Festa Brava Raiana» as suas reportagens sobre a festa maior dos sabugalenses. Este aficionado pelas caras guapas, pelos cavalos, pelos toiros e pelo forcão regista em vídeo para a posteridade imagens únicas da dança das pernas encostadas à galha porque…, como no tango, a mesma música nunca é dançada da mesma maneira pelo mesmo par. Em destaque as corridas de Malhada Sorda no concelho de Almeida.

Religião - © Capeia Arraiana (orelha)

Vilar Maior recria ambiente da paixão de Jesus

Vilar Maior, antiga vila medieval, prepara-se para recriar os últimos dias da vida de Jesus. Quase uma centena e meia de actores amadores, naturais de uma dezena e meia de localidades da região do Sabugal vão dar vida ao Evangelho de São Lucas. Na noite de Sexta-feira Santa, dia 29 de Março, pelas 21 horas, a encenação começará no Largo da Praça de Vilar Maior, percorrerá as ruas do centro histórico medieval, num percurso com cerca de 1500 metros e terminará no «Calvário» junto ao Castelo da antiga vila raiana.

Paixão de Jesus em Vilar Maior - Padre Hélder Lopes - Ensaios Gerais - Capeia Arraiana

Ensaios gerais da encenação da Paixão de Jesus em Vilar Maior