Author Archives: jclages

António José Alçada - Orelha - Capeia Arraiana

Um olhar diferente de São Petersburgo

Chegar a São Petersburgo, em novembro de 2009, depois de visitar Moscovo é um choque contrastante. Da influência Oriental que senti, entro agora no nosso mundo do Ocidente, cheio de grandiosidade e mistério, pese embora se note ainda alguma arquitetura soviética e uma neblina permanente, acompanhada de um frio húmido que se vai entranhando até à nossa «alma».

Um olhar diferente de São Petersburgo - António José Alçada - Capeia Arraiana

Um olhar diferente de São Petersburgo

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

O Padre Velho

Como escrevi na página 61 do 1.º volume da minha obra «Para que não se Perca a Memória de 400 Anos de Vida em Quadrazais», em 1893, por decreto de 29/4, foi nomeado pároco colado de Quadrazais, José António Gonçalves de Aragão, a quem o rei D. Carlos concedeu, em 7/7/1893, a mercê de «o bispo da Guarda o apresentar na igreja paroquial de Nossa Senhora da Assunção, de Quadrazais, vaga de pároco colado, devendo gozar de todos os proventos, como pároco da mencionada igreja e bem assim de quaisquer honras e prerrogativas que a elas andarem legalmente anexas, ficando, contudo, sujeito a qualquer alteração que, de futuro, possa vir a ser competentemente feita na circunscrição paroquial». O texto desta mercê concedida pelo rei D. Carlos, que se encontra na Torre do Tombo, em Lisboa, vem transcrito na pág. 321 do terceiro volume da minha citada obra.

Igreja Matriz de Quadrazais - Capeia Arraiana

Igreja Matriz de Quadrazais

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (220)

Por uma vez sem exemplo. Este Postal é seleccionado por mim, mas esta semana quero que leia tal e qual, com toda a crueza, os dados do «Zapping», sem qualquer comentário para não influenciar em nada o seu julgamento, que não deve ir longe do meu…

Doutor Saúde na SIC - Capeia Arraiana

Doutor Saúde na SIC

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Carta geológica

O Concelho do Sabugal deve ter uma carta geológica.

Carta Geológica do Distrito da Guarda - Capeia Arraiana

Carta Geológica das Beiras

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

À memória de um jovem morto na I Grande Guerra

Entre os mais de dois mil soldados mortos na Primeira Grande Guerra, está um da minha terra. Pude ver a sua fotografia, num quadro antigo, que uma sobrinha me mostrou, no último verão: um rapaz, jovem, bonito, julgo que vestido de militar. Chamava-se Joaquim Nabais, era de Águas Belas e morreu, no dia 17 de julho de 1917, em combate, na França.

Joaquim Nabais, natural de Águas Belas,  foi morto em combate em França na Primeira Guerra Mundial - Capeia Arraiana

Joaquim Nabais, natural de Águas Belas, foi morto em combate em França
na Primeira Guerra Mundial (Foto: Memorial virtual do Arquivo Histórico Militar)

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Os descrentes na Utopia

Os descrentes na Utopia são os defensores acérrimos do sistema as «pessoas de bem». O que dizem quando se lhes apresenta uma Utopia, qual é a tese central do seu pensamento? «É certo que não vivemos no melhor dos mundos, mas tudo isto é preferível a qualquer Revolução.»

Utopia - Capeia Arraiana

Utopia

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Como era no séc. XVIII?

Estamos em 1758. Os serviços do Marquês de Pombal lançaram um inquérito a todo o País. Quem responde são os curas de cada aldeia. Vamos hoje mais uma vez comparar as respostas às perguntas principais dadas pelos dois párocos: o do Casteleiro e o do Vale de Lobo.

Casteleiro - Capeia Arraiana

Casteleiro

António José Alçada - Orelha - Capeia Arraiana

Um olhar diferente de Moscovo

Estando a Rússia na ordem do dia, neste Trilho de Viagens, venho-lhes contar alguns aspetos interessantes de Moscovo. Embora tenha efetuado a visita em 2009, seguramente que os episódios relatados nesta crónica, ainda estarão muito atuais.

Um olhar diferente de Moscovo - António José Alçada - Capeia Arraiana

Um olhar diferente de Moscovo

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Quadrazenhos que foram Guardas da Alfândega (2)

Na semana passada tive a agradável surpresa de receber cópia da «Relação Geral dos Empregados e Guardas da Fiscalisação do Contracto de Tabaco e Sabão da Repartição do Sul e Ilhas», que me havia sido prometida pelo Dr. Rui Carreteiro, funcionário da Fundação Eugénio de Almeida, com o meu compromisso de não a publicar ou reproduzir. Por isso, apenas poderei falar dela e comentar o que respeita aos guardas quadrazenhos. Por falar em Repartição do Sul e Ilhas, leva a crer que haveria uma Repartição do Norte e Centro. A meu pedido, o Dr. Rui Carreteiro informou-me no passado dia 10 de Abril que um incêndio nas instalações em Lisboa, no séc. XIX, destruiu muita documentação, incluindo possíveis relações de empregados do Norte e Centro. Uma pena!

Quadrazenho foi Guarda do Tabaco - Capeia Arraiana

Quadrazenho foi Guarda do Tabaco (Fonte: Arquivos Paroquiais)

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (219)

Os números desta semana são maus para os 3 canais generalistas, embora a TVI se vá «safando» no meio deste deserto…

Televisões generalistas atravessam o deserto... - Capeia Arraiana

Televisões generalistas atravessam o deserto…

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Porque 65…

Sábado entro oficialmente no rol dos «velhos»…

Celebrando os 65 anos de idade - Capeia Arraiana

Celebrando os 65 anos de idade

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Crescem os radicalismos políticos

Cada vez que os movimentos radicais ganham terreno, em eleições europeias, o último caso foi Itália, mas já tinha acontecido noutros países (Hungria, Polónia, Holanda, Áustria, França, Alemanha,…), são os pilares democráticos: a dignidade humana, a igualdade perante a lei, os direitos humanos, a justiça, a separação de poderes, a laicidade do Estado…, que são postos em causa.

Radicalismo - Capeia Arraiana

Radicalismo

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Políticos presos e exilados na União Europeia

Não é novidade nenhuma querido(a) leitor(a), há presos políticos, e exilados políticos em países da moderna e democrática União Europeia. Estou a referir-me a Espanha, onde é mais perigoso ser político do que ser um delinquente.

Marta Rovira exilada catalã - Capeia Arraiana

Marta Rovira exilada catalã (Foto: D.R.)

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Quem foram os nossos antepassados?

Quem somos? De onde vimos? Quem foram os nossos antepassados? Ou seja: quando os Romanos aqui chegaram, quem éramos nós? E éramos filhos e netos de quem?

Lusitânia - Capeia Arraiana

Lusitânia

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Quadrazenhos que foram Guardas da Alfândega (1)

Já havia encontrado nos arquivos paroquiais no séc. XIX um quadrazenho como Guarda do Tabaco, o que muito me intrigou, até porque nenhum documento na Torre do Tombo fala desta actividade por parte de quadrazenhos.

Quadrazenho foi Guarda do Tabaco - Capeia Arraiana

Quadrazenho foi Guarda do Tabaco (Fonte: Arquivos Paroquiais)

Lince da Malcata - © Capeia Arraiana

Os novos linces do Vale do Guadiana

Cada lince-ibérico caça, normalmente, um coelho por dia. E a sua alimentação é quase exclusivamente baseada nesta presa. A presença e número de coelhos por área são assim condições fundamentais na escolha das zonas de reintrodução. Foi isso que fez a serra da Malcata ficar fora de hipótese. O concelho de Mértola, por sua vez, tinha as melhores características entre todas as zonas histórias de ocorrência do lince-ibérico em Portugal. Rodrigo Serra, director técnico do Centro Nacional de Reprodução do Lince Ibérico, considerou em entrevista ao Observador que «este é um dos programas de conservação mais bem conseguido de sempre e o Iberlince é o melhor programa Live dos últimos 20 anos».

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (218)

No futebol, o campeonato decide-se sempre entre os três maiores. Na Televisão é diferente. Também são três, mas a RTP-1 não conta…

Dupla cúmplice... Dupla vencedora (Foto: D.R.) - Capeia Arraiana

Dupla cúmplice… Dupla vencedora (Foto: D.R.)

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

A questão da segurança de pessoas e bens

Têm os sabugalenses direito a, como diz o n.º 1 do Artigo 27.º da Constituição da República Portuguesa, «direito à segurança»?

Terraplanagem para o futuro quartel dos Bombeiros do Sabugal - Capeia Arraiana

Terraplanagem para o futuro quartel dos Bombeiros do Sabugal

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Há sempre alternativa

Por enquanto, ainda existem as liberdades públicas, sendo assim, têm de ser aproveitadas para obrigar os governantes a uma mudança de política, e só os insubmissos poderão salvar o País… se puder sê-lo!

Assembleia da República - Capeia Arraiana

Assembleia da República

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Homenagem à Carteira da aldeia

Foi há 60 anos. Uma senhora já com alguma idade era Carteira na minha aldeia. Ia de porta em porta, de rua em rua para entregar as cartas a cada um. Merece esta minha simples homenagem de a recordar mais uma vez. Chamava-se Maria da Graça.

Marco do Correio na Aldeia - Capeia Arraiana

Marco do Correio nas aldeias da Beira Alta

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

Sabugal vai ter megacentral de biomassa

Cinco milhões de euros é o custo esperado para a instalação de uma mega unidade de biomassa (de última geração) com capacidade para processar 32 mil toneladas de resíduos florestais do Sabugal e dos concelhos vizinhos.
:: ACTUALIZAÇÃO :: Cumprindo uma velha tradição na comunicação social esta foi a nossa «peta» do 1 de Abril. De facto não está, oficialmente, prevista qualquer construção de uma central de biomassa no concelho do Sabugal. Possivelmente seria uma notícia positiva para muitos… (esta notícia foi publicada às primeiras horas do dia 1):: ACTUALIZAÇÃO ::

Central de Biomassa em Mérida, Espanha - Capeia Arraiana

Mega central de biomassa em Mérida, Espanha

António José Alçada - Orelha - Capeia Arraiana

Uma visita diferente

Neste tempo pascal, mesmo para os não crentes, sem dúvida que devemos refletir um pouco sobre a vida, e os seus valores. Esta crónica convida o leitor a viajar na sua consciência e concluir que, na realidade, de nada nos vale seguirmos o rumo do egoísmo.

Tempo Pascal... Tempo de Reflexão - António José Alçada - Capeia Arraiana

Tempo Pascal… Tempo de Reflexão

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Ai que saudades da minha infância! (2)

HOMENAGEM AO MEU TIVOLI – Nas aldeias quase todas as famílias têm animais: um burro, um cão ou um gato. Quem tem espaço em frente da casa, o curral, e um telheiro (cabanal) tem ainda um cavalo, galinhas e, às vezes, coelhos, patos, perús ou mesmo gansos. Antigamente usavam a loije, andar térreo, para as vacas, burros ou cavalos. É o que acontecia frequentemente com os lavradores que tinham vacas. Havia quem tivesse galinhas ou porcos num pequeno espaço debaixo da escaleira (no poleiro das pitas) e (na cortelha), que se passeavam durante o dia pelas ruas, tal como os cães. (Parte 2 de 2).

O cão da minha infância chamava-se Tivoli - Capeia Arraiana

O cão da minha infância chamava-se Tivoli

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (217)

Uma modesta homenagem à «Tareka» (Maria Teresa Ramalho) que tanto trabalhou para nós todos. Mais uns números muito decepcionantes. Deve ser das férias. Até o cabo desceu… E uma historieta apimentada.

Maria Teresa Ramalho (Tareka) - Capeia Arraiana

Maria Teresa Ramalho (Tareka)

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

A Páscoa da minha infância

Falo da Páscoa da minha infância, mas deveria antes dizer da semana santa da minha infância…

Procissão da Páscoa - Capeia Arraiana

Procissão da Páscoa

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Portugal no relatório da Amnistia Internacional

O Relatório Anual da Amnistia Internacional (2016/7), saído acerca de um mês, dá conta do estado global dos direitos humanos, referindo casos concretos, relatados por observatórios, comités, comissões… que fiscalizam os tratados internacionais e também por organizações não governamentais a trabalhar na área. Foram analisados 159 países e assinalados, para cada um, as violações e os progressos.

Amnistia Internacional - Capeia Arraiana

Amnistia Internacional

Literatura - Capeia Arraiana (orelha)

Rostos da Emigração – Apresentação no Consulado de Paris

O Capeia Arraiana publica um artigo de Carlos Pereira, jornalista e Director do LusoJornal de Paris, que foi um dos apresentadores dos livros do autor sabugalense, Joaquim Tenreira Martins, no passado dia 22 de Março, no Consulado Geral de Portugal em Paris.

Apresentação do livro de Joaquim Tenreira Martins no Consulado de Portugal em Paris- Capeia Arraiana

O Cônsul Geral Adjunto João de Melo Alvim fez as honras da casa

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Massificação

«Abandonai as cidades homens estúpidos!» Quem este grito lançou foi Maiakovski, poeta e dramaturgo Russo. Platão também disse que a convivência no meio da massificação se torna difícil. Isto são fenómenos que têm surgido ao longo da História da Humanidade, sendo pura realidade o que deles sempre se disse, que vai desde Platão a Maiakovski, ou seja, do ano 347 antes de Cristo até ao século XXI.

Massificação - Capeia Arraiana

Massificação

Secção Judo Sporting Clube Sabugal - Capeia Arraiana (orelha)

Maria Ribeiro, do Sabugal, sagra-se Campeã da Europa

A judoca Maria Ribeiro, natural da freguesia das Quintas de São Bartolomeu, no concelho do Sabugal, conquistou o título de Campeã da Europa para atletas judocas com síndrome de Down. O Campeonato decorreu na cidade de Biella em Itália entre os dias 23 e 25 de Março.

Maria Ribeiro, judoca do Sabugal, campeã da Europa - Capeia Arraiana

Maria Ribeiro, judoca do Sabugal, campeã da Europa

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – Frases populares muito engraçadas

Hoje, uma brincadeira séria. Vamos conhecer algumas interessantes expressões do nosso Povo no Casteleiro há mais de 60 anos. E vou tentar explicar (traduzo para quem não entenda) o que o Povo dizia e o que queria dizer.

Pôr-do-Sol no Casteleiro - Capeia Arraiana

Pôr-do-Sol no Casteleiro

Adérito Tavares - Na Raia da Memória - © Capeia Arraiana (orelha)

Histórias lisboetas (II)

Lisboa é uma das cidades mais belas do mundo. Todos o sabemos, todos o dizemos. Existe a Lisboa turística, da Baixa, do Chiado, do castelo de São Jorge, de Belém e dos seus monumentos. E a Lisboa castiça, de Alfama, da Mouraria, da Madragoa, das casas de fado e dos botequins. E a Lisboa do Tejo, o rio sempre presente, que avistamos de todo o lado e dá à cidade uma luz rara. E existe ainda uma outra Lisboa, feita de pormenores em que poucos reparam, que inspirou pintores e poetas, músicos e romancistas: os miradouros, as escadinhas, a calçada portuguesa, os azulejos antigos e modernos… Foi esta a cidade que José Cardoso Pires descreveu num livro lindíssimo: «Lisboa – Livro de Bordo» (1998).

Miradouro da Senhora do Monte na Graça em Lisboa - Capeia Arraiana

Miradouro da Senhora do Monte na Graça em Lisboa

Franklim Costa Braga - Capeia Arraiana

Ai que saudades da minha infância! (1)

HOMENAGEM AO MEU TIVOLI – Nas aldeias quase todas as famílias têm animais: um burro, um cão ou um gato. Quem tem espaço em frente da casa, o curral, e um telheiro (cabanal) tem ainda um cavalo, galinhas e, às vezes, coelhos, patos, perús ou mesmo gansos. Antigamente usavam a loije, andar térreo, para as vacas, burros ou cavalos. É o que acontecia frequentemente com os lavradores que tinham vacas. Havia quem tivesse galinhas ou porcos num pequeno espaço debaixo da escaleira (no poleiro das pitas) e (na cortelha), que se passeavam durante o dia pelas ruas, tal como os cães. (Parte 1 de 2).

O cão da minha infância chamava-se Tivoli - Capeia Arraiana

O cão da minha infância chamava-se Tivoli

António José Alçada - Orelha - Capeia Arraiana

Num andarilho de memórias

Esta semana fui até Condeixa visitar o meu irmão António Alves Fernandes. Uma viagem bem diferente daquela que ambos temos vindo a fazer ao longo desta vida em comum. Efetivamente, o local onde fui recebido, levou-me à interioridade e ao facto de que nada somos e nada seremos.

Legenda

Encontro com a família Fernandes

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Postal TV (216)

O que sabemos que já foram as audiências de Herman José e o que elas são hoje. Mas os fracassos não caem só par esse lado, como sabemos… Infelizmente, não.

«Cá por Casa» de Herman José na RTP-1 - Capeia Arraiana

«Cá por Casa» de Herman José na RTP-1

Maria Rosa Afonso - Orelha - Capeia Arraiana

Ciganos – é de inclusão que temos de falar

Apanhados pela violência do tornado que lhes destruiu, completamente, as barracas do acampamento, os ciganos de Faro continuam à espera que um programa habitacional qualquer, financiado não se sabe por quem, os inclua. Tal como, continuam à espera, muitas outras comunidades ciganas acantonadas aqui e ali.

Acampamento cigano - Capeia Arraiana

Acampamento cigano

Adérito Tavares - Na Raia da Memória - © Capeia Arraiana (orelha)

Doutoramento Honoris Causa de Pinharanda Gomes

A Universidade da Beira Interior (UBI) atribuiu esta terça-feira, dia 20 de Março, o grau de Doutor Honoris Causa a Jesué Pinharanda Gomes, ensaísta, pensador, escritor, filósofo e historiador. O mais alto responsável pela Igreja Católica em Portugal, o Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, foi o padrinho do homenageado, que é natural da freguesia de Quadrazais, no concelho do Sabugal. Jesué Pinharanda Gomes é o 19.º Doutor Honoris Causa pela UBI.

Intervenção de D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa, que apadrinhou o Doutoramento - Capeia Arraiana

Intervenção de D. Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa, que apadrinhou o Doutoramento

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

A União Europeia e o crime organizado

A sociedade Liberal que impera na União Europeia, é a sociedade dos negócios e da economia, aquela que nos leva à despolitização, porque a política nesta sociedade transformou-se numa luta de interesses entre poderosos grupos económicos e também interesses do crime organizado!!!

Toto Riina - Capo da Mafia italiana - Capeia Arraiana

Toto Riina – Capo da Mafia italiana

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Casteleiro – O linho que se cultivava

Em tempos (há uns 300 e tal anos) houve no Casteleiro «fábricas» de tecidos. Uma parte desses tecidos eram certamente de linho. Eram tinturarias. Todos sabemos onde é o Tinte. Pois as tinturarias é que deram o nome a esses campos – a caminho de Cantargalo.

Cama com lençóis e almofadas de linho - Capeia Arraiana

Cama com lençóis e almofadas de linho

Adérito Tavares - Na Raia da Memória - © Capeia Arraiana (orelha)

Sofonisba Anguissola – Pintora na Europa do Renascimento

Até ao século XIX eram muito raras as mulheres pintoras. Ou as mulheres poetas, compositoras, filósofas, cientistas… E era mais raro ainda a História registar a sua existência e as suas obras… Em Portugal, Josefa de Óbidos é uma dessas raras excepções. Também Sofonisba Anguissola foi uma das poucas mulheres pintoras, cuja obra brilhou na Europa do Renascimento. Ainda no âmbito do Dia Internacional da Mulher, celebrado no passado dia 8, vou hoje apresentar esta pintora fascinante e de estranho nome aos leitores do Capeia Arraiana que não a conhecem.

Autorretrato de Sofonisba Anguissola feito em 1556, aos 21 anos - Capeia Arraiana

Autorretrato de Sofonisba Anguissola feito em 1556, aos 21 anos

Literatura - Capeia Arraiana (orelha)

«Rostos da Emigração» apresentados em Paris

O sabugalense Joaquim Tenreira Martins vai apresentar os seus livros «Rostos da Emigração» e «Visages de L’Emigration Portugaise» no dia 22 de Março, às 18:30 horas no Consulado Geral de Portugal, em Paris.

Apresentação do livro «Rostos da Emigração», em Paris, no Consulado Geral de Portugal - Capeia Arraiana

Apresentação dos livros de Joaquim Tenreira Martins em Paris no Consulado Geral de Portugal