Ecos do Castelo do Sabugal e seu Termo

Isidro Alves Candeias - Orelha - 180x135 - Capeia Arraiana

O Sabugal, antes vila e agora cidade, evoluiu ao longo do tempo, oferecendo atualmente condições de bem-estar para os que nos visitam e querem conhecer os nossos encantos.

Palheiros do Castelo – Sabugal

Em tempos
Um Helicóptero aterrava no Castelo e dizia-se:

Aterrara no Castelo
das Quinas do Sabugal,
para que quem quisesse vê-lo
acorresse ao local.

Interior do Castelo do Sabugal

Hoje
O Sabugal é uma cidade, cresceu e melhorou bastante, é mais apelativo e oferece mais e melhores condições a quem o visita.

Palheiros do Castelo

A prova disso é que, mesmo junto ao Castelo estão Recantos do meu Descanso, e diz-se:

Paredes-meias com o Castelo
E de traça bem ancestral,
Temos o que há de muito belo
Em alojamento local.

São os Palheiros do Castelo
Já sem palha, mas com lenha,
P’rá aquecer o novo e o velho,
Que no inverno por cá venha.

No inverno ou no verão,
No outono ou primavera,
Em termos de acomodação
Palheiros são Nova Era.

Casas de Campo, a classificação
Deste alojamento especial,
A cumprir sua função
No turismo do Sabugal.

:: ::
Ecos, artigo de Isidro Candeias

Deixar uma resposta