Crónicas de Férias (07)

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

Neste período de férias em que parte dos sabugalenses já se encontram, aproveito para deixar algumas notas mais adequadas a esta temporada. Esta semana lamento ter de falar de coisas que não queria…

Comunicado da «Viúva Monteiro» a anunciar a suspensão da carreira Sabugal-Guarda-Sabugal

Comunicado da «Viúva Monteiro» a anunciar a suspensão da carreira Sabugal-Guarda-Sabugal

1. «Carreira da Guarda»

As notícias de que a Viúva Monteiro tinha suspendido as carreiras entre o Sabugal e a Guarda é uma péssima notícia.

De que vale haver passe social a preços reduzidos se, para ir do Sabugal à Guarda se tem de utilizar transporte privado?

E esta suspensão também abrange a Estação Ferroviária do Sabugal no Barracão? Então para que serve modernizar a Linha da Beira Baixa se os sabugalenses perdem uma ligação histórica?

Não sei nem quero saber se a Viúva se envolveu em negócios, naturalmente legítimos, com a Câmara da Guarda e se esta lhe deve dinheiro.

Com esta decisão quem perde é o Sabugal e os seus habitantes e lamento que os atuais responsáveis pela Viúva Monteiro não tenham entendido isto…

2. A morte do Presidente da Junta de Freguesia da Rapoula do Côa

A morte de um ser humano é sempre uma tragédia pessoal e familiar irremediável.

A morte de um eleito político numa freguesia do Interior do país é, igualmente, uma tragédia coletiva.

Aos familiares de Álvaro Pires e a todos os fregueses da Rapoula do Côa os meus sinceros sentimentos.

3. Leituras

Confesso que sabia muito pouco sobre Santo António, o nosso santo casamenteiro.

Pela pena de António Mega Ferreira, li agora uma possível biografia deste santo, intitulada «Santo António de Lisboa e Pádua – Viagem a uma devoção ímpar».

Num texto belíssimo, acompanhado por fotografias igualmente belas de Marc Sarkis Gulbenkian, o que eu aprendi sobre este santo tão português, mas também tão homem do mundo.

Para quem goste de ler, e para quem gosta do santo António, aqui está um livro a não perder.

4. O Califa

O Califa fica na Estrada de Benfica em Lisboa, mesmo junto à 2.ª Circular e perto do Centro Comercial Fonte Nova.

Com mais de 50 anos de existência, continua a ser uma das boas pastelarias de Lisboa.

Ali entrei durante muitos anos, pelas sete da manhã, bebendo um café e comendo uma madalena.

A sua bola de carne é famosa em minha casa e é ali que compro todos os doces da época natalícia.

Nem todos sabem que no primeiro andar tem restaurante onde se come razoavelmente bem.

Era, e penso que continua a ser, frequentado por vários sabugalenses que moravam em Benfica.

E façam o favor de ser felizes…

:: ::
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

Deixar uma resposta