Gerir uma pequena ou média empresa

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

A boa gestão das pequenas e médias empresas, que são afinal a maioria das firmas existentes, pode ser o garante de uma actividade económica viva e dinâmica da região em que as mesmas estão implantadas.

A difícil gestão das PME

O concelho do Sabugal, ainda que sendo um território de baixa densidade populacional e de fraca actividade económica, tem uma apreciável dinâmica empresarial. Mas a pouca dimensão do mercado leva a que os empresários locais sintam imensas dificuldades no desenvolvimento da sua actividade.

Neste concelho do interior, as Pequenas e Médias Empresas (PME) lutam quotidianamente pela sobrevivência. Note-se que é considerada PME a empresa com menos de 250 trabalhadores e volume de negócios anual inferior a 50 milhões de euros.

Seguindo um roteiro publicado pelo Portugal 2020, vejamos como as PME poderão enfrentar melhor o futuro.

A melhor ajuda pode ser prestada pelo EURES – o Portal Europeu da Mobilidade Profissional. Este site on-line ajuda, e de que maneira, a simplificar os passos para uma gestão eficaz e eficiente de uma PME.

O EURES ajuda, desde logo, a procurar financiamento através de empréstimos ou subvenções. Comece por consultar o Guia para principiantes em matéria de financiamento – aqui.

Para contrair um empréstimo ou obter financiamento em capitais próprios, pode experimentar o COSME, o Programa da UE para a Competitividade das PME – aqui.

Para empréstimos através de instituições financeiras locais, procure aqui.

Face a manifestas dificuldades financeiras, pode avaliar a situação e encontrar as melhores soluções – aqui.

O portal também acede a plataformas onde se podem anunciar empregos e encontrar candidatos a emprego que satisfaçam as necessidades de uma PME – aqui.

Também se faculta a possibilidade de publicar uma oferta de emprego – aqui.

Outra questão importante para as PME, para mais numa zona fronteiriça, é a da sua internacionalização. Há acesso a uma rede europeia de empresas para obter aconselhamento e apoio, a prestar por milhares de peritos que por sua vez podem ligar a empresa a contactos internacionais úteis – aqui.

Pode ainda consultar os eventos previstos nas Jornadas Europeias do Emprego, promover a PME, publicar ofertas de emprego e marcar entrevistas para recrutar trabalhadores durante o evento – aqui.

Se a PME oferece serviços de que a própria Comissão Europeia necessita, saiba que contratos são oferecidos – aqui.

Tem dúvidas? Procure no portal um conselheiro – aqui.

(Fontes: EURES e Portugal 2020)

:: ::
«Contraponto», de Paulo Leitão Batista

Deixar uma resposta