A História anda inquieta!

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Neste principio do Terceiro Milénio estamos a assistir a uma tremenda luta politica, ideológica e cultural, principalmente dentro da União Europeia. De um lado está a Extrema Direita com os seus Nacionalismos, do outro está o Federalismo Europeu de Angela Merkel com o seu Neoliberalismo.

Matteo Salvini (Liga Norte de Itália) e Marine Le Pen (Frente Nacional de França)

Matteo Salvini (Liga Norte de Itália) e Marine Le Pen (Frente Nacional de França)

Os povos dos países de Leste, antes da queda do Muro de Berlim em 1989, principalmente os polacos, pensavam que os do lado de cá do Muro valorizavam as tradições e acreditavam todos em Deus. Quando caiu o Muro o que viram? Laicismo, multiculturalismo e casamento homossexual. Sem dúvida que também viram e adoptaram a Democracia, mas o grande problema está a ser presentemente a nível cultural, a nível de valores, não é por acaso que a Europa de Leste se intitula o último bastião dos valores europeus, e tudo isto vem pela mão da Extrema Direita. São também povos extremamente nacionalistas, compreende-se; tiveram de lutar contra Hitler e Estaline para defenderem os seus países, e presentemente sentem-se dominados pela Alemanha, já Hitler chamava a estes países as suas colónias e, quando da unificação alemã procurou-se uma nova capital para a Alemanha, não é de estranhar que a escolhida tenha sido Berlim, é a que está mais próxima dos países de Leste.Temos de compreender o porquê de muitos factos.

Este artigo foi escrito antes das eleições para o Parlamento Europeu, conforme o que sair delas assim a Europa tomará o seu rumo.

:: ::
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

Deixar uma resposta