Sabugal integra rede nacional de carregadores elétricos

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

O governo, através do Secretário de Estado da Mobilidade, José Mendes, avançou com a informação de que vai disponibilizar 1,5 milhões de euros para apoiar a instalação de carregadores rápidos de carros eléctricos, até um limite de 15 mil euros por carregador. Nessa sequência, o concelho do Sabugal foi escolhido para uma experiência piloto de solução integral nesta matéria, com a instalação de 10 postos de abastecimento rápido. O protocolo contempla isenção de impostos para os eleitores do concelho do Sabugal que pretendam adquirir veículos 100 por cento eléctricos.

:: ACTUALIZAÇÃO (Dia 2 de Abril):: Cumprindo uma velha tradição na comunicação social esta foi a nossa «peta» (ou «fake news» como se diz agora) do 1 de Abril. De facto não está, oficialmente, previsto qualquer projecto de carregadores eléctricos no concelho do Sabugal. Não é verdade mas… ajudaria a ir e voltar de carro eléctrico ao Sabugal :: ACTUALIZAÇÃO ::

Concelho do Sabugal aposta num território ambientalmente mais consciente e sustentável - Capeia Arraiana

Autarquia do Sabugal aposta num território ambientalmente mais consciente e sustentável

O governo vai apresentar em breve o mapa nacional da mobilidade eléctrica. O Sabugal poderá vir a ser a única sede de concelho do distrito da Guarda a ser contemplada com uma rede completa de abastecimento para carros eléctricos.

Para além de cinco postos públicos de carregamento na sede do concelho, haverá dois no Soito, e um por localidade no Casteleiro, Aldeia da Ponte e Cerdeira do Côa, num total de 10 pontos, o que corresponde à definição técnica de «solução integral» – um conceito que estabelece um número mínimo de postos de abastecimento tendo em conta variáveis como a extensão territorial, o número de habitantes e os quilómetros de estradas nesse mesmo espaço territorial.

Os concelhos contemplados com o projecto da «solução integral» permitirão avaliar a, nível local, a reação dos residentes nesses espaços aos incentivos para a mudança do parque automóvel para carros eléctricos. O protocolo vai permitir isenção de impostos para os eleitores do concelho do Sabugal que pretendam comprar carros 100 por cento eléctricos.

Mas não há bela sem senão, a utilização dos postos de carregamento deverá ser inteiramente paga pelos utentes. O secretário de estado explicou que não seria normal que as pessoas carregassem os seus veículos de forma gratuita para sempre, na medida em que se deu inicialmente um incentivo, que o Estado manteve durante algum tempo, mas que tinha que deixar de acontecer.

Nos primeiros dois meses do ano, as vendas de carros eléctricos triplicaram em Portugal, num sinal de que essa é uma opção que está a fazer o seu caminho, colocando o nosso país na vanguarda a nível europeu nesta matéria.

A escolha do Sabugal, a par de outros concelhos do Interior – um em cada distrito – tem que ver com a aposta que a autarquia tem feito nas energias eólicas e, sobretudo, através da Enertech, feira de tecnologias que deu visibilidade ao concelho e que agora lhe permite colheu os seus frutos.

O «Capeia Arraiana» sabe, também, que a Câmara do Sabugal está a estudar a substituição da frota automóvel do município para veículos totalmente eléctricos.

jcl e plb

2 Responses to Sabugal integra rede nacional de carregadores elétricos

  1. António Emídio diz:

    Meus Amigos :

    Que Grande – FAKE.

    António Emídio

Deixar uma resposta