O perigo dos fundamentalismos

António Emídio - Passeio pelo Côa - © Capeia Arraiana

Li um artigo da jornalista Clara Ferreira Alves no semanário «Expresso», cujo titulo é «Começa assim de repente». E o que é que começa assim de repente? O desmoronar da Democracia e o aparecimento da Extrema Direita.

O perigo dos fundamentalismos - Capeia Arraiana

O perigo dos fundamentalismos

Sem dúvida alguma que a senhora jornalista tem toda a razão quando afirma que os perigos que cercam a Democracia são muitos, podendo dar origem ao surgir da Extrema Direita, menciona alguns, mas eu vou juntar outros:

– O Globalismo como ideologia, ou seja a perca de soberania de muitos países, entre eles Portugal.

– A enorme desigualdade social, há em Portugal salários baixíssimos, enquanto outros são escandalosamente elevados.

– Há pensões de reforma míseras, e outras de milhares de euros.

– A submissão politica à economia, ou seja, aqueles em quem votamos estão debaixo do controle das Oligarquias.

– O maior trunfo da Extrema Direita é a corrupção política.

Já o escrevi neste espaço de opinião, mas não me importo de repetir:

– Nenhuma civilização, cultura ou religião, durante a História da Humanidade, tratou igualitariamente o homem e a mulher, esta foi sempre subjugada pelo homem. Até que neste limiar do século XXI a mulher está a travar uma luta heróica pela sua dignidade, mas quem trava uma luta trava-a contra um adversário, e esse adversário é o machismo? É o homem? A Extrema Direita está a explorar este facto, começa a ouvir-se falar e escrever na comunicação social em juízes machistas, juízas feministas, rótulos de esquerda, rótulos de direita, condenações de homens sem provas, só porque uma mulher por questão de vingança ou chantagem disse que foi violada etc. etc. etc. Foram séculos de violência e violações, mas não se faz justiça, nem uma luta digna pode cair num fanatismo.

Há razões, e não são poucas, para o triunfo da Extrema Direita em Portugal.

:: ::
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

Deixar uma resposta