Jonathan Swift e o camponês

Conta-se que Jonathan Swift, o célebre autor do livro As Viagens de Gulliver, indo uma ocasião de jornada, chegou a uma estalagem onde pensou em pernoitar.

Jonathan Swift

Infelizmente para ele, não havia qualquer leito disponível, e o remédio foi dormir de companhia com um pobre camponês que também estava de passagem e que não se importou de partilhar o leito.
Ora o homem era muito palrador e logo tratou de entabular larga conversa com Swift. Disse-lhe que voltava de uma feira onde tinha realizado magníficos negócios. E não parava de falar dando conta de cada um desses negócios que lograra fazer, a ponto do escritor não conseguir pregar olho.
Perante a insistente e imparável odisseia do camponês, Swift decidiu interrompê-lo tomando a palavra:
– Olhe que o mesmo não posso dizer eu, venho de uma terra onde apenas enforquei seis pessoas depois de fechadas as audiências.
– Enforcou?? – disse o homem admirado – Pois o que faz o senhor?
– Sou carrasco e vou agora de caminho para Tyburn, cidade onde tenho que enforcar nove ladrões.
O pobre homem não quis ouvir mais, e saltou da cama fugindo de tão incómoda companhia.
Ora, com esta trapaceira, pode Swift dormir cómoda e tranquilamente o resto da noite.
:: ::
«Histórias de Almanaque», Por Paulo Leitão Batista

Deixar uma resposta