O calendário muçulmano

Os seguidores de Maomé começaram a contar o primeiro ano da sua era numa sexta-feira, dia 16 de Julho – corria o ano 622 da era cristã. Deram-lhe o nome de Hedsjera, palavra árabe que significa fuga ou perseguição, em evocação da data em que Maomé saiu fugitivo de Meca para se refugiar em Medina.

Calendário Islâmico

O início do calendário muçulmano corresponde, por sua vez, ao ano 5335 do calendário juliano.
A sua adopção deve-se ao califa Omar III, que 18 anos após a fuga do profeta resolveu assim a desordem que reinava então na cronologia dos povos orientais quanto ao ponto de partida das suas épocas temporais.
O calendário dos maometanos é exclusivamente lunar e está disposto de forma a que o primeiro dia de cada mês corresponda ao início da fase da lua nova. Os anos contêm 12 meses e cada mês tem alternadamente 30 e 29 dias.
Nestes termos, verifica-se que o ano islâmico é mais curto que o ano cristão, retrocedendo no princípio de cada ano 11 dias.
Cada período de 30 anos forma um ciclo.

Nomes dos meses:
Muharran (30 dias)
Saphar (29 dias)
Rabie I (30 dias)
Rabie II (29 dias)
Giumadi I (30 dias)
Giumadi II (29 dias)
Regiab (30 dias)
Sahaven (29 dias)
Ramadám (30 dias)
Schewal (29 dias)
Dulkaidath (30 dias)
Dulkagiath (29 ou 30 dias)

Os dias da semana distinguem-se com os nomes de férias:
Ioum-el-AhadPrimeira féria (Domingo)
Ioum-el-ThaniSegunda féria (segunda-feira)
Ioum-el-ThalethTerça féria (terça-feira)
Ioum-el-ArbaaQuarta féria (quarta-feira)
Ioum-el-ThamisQuinta féria (quinta-feira)
Ioum-el-DgiumaaSexta féria (sexta-feira)
Ioum-el-EffabtSétima féria (sábado)

Principais festividades do calendário muçulmano:
– Dia 12 do mês Rabie I – nascimento de Maomé em Meca;
– Dia 20 de Giumadi I – festa da tomada de Constantinopla pelos turcos (ocorrida em 29 de maio de 1455 segundo a era cristã);
– Dia 20 de Regiab – viagem de Maomé até ao sétimo céu;
– Dia 15 de Sahaven – noite em que o Corão desceu do céu e o anjo Gabriel iluminou a mente de Maomé.
O Ramadan é o mês sagrado no qual as portas do inferno estão encerradas e as do céu abertas. O Corão manda jejuar todo o mês até que se observe a lua no mês seguinte, sendo proibida a ingestão de qualquer alimento enquanto o sol estiver no horizonte.
:: ::
Por Paulo Leitão Batista

Deixar uma resposta