Sabugal Presépio – uma vaca púrpura?…

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

O presépio que anualmente vem ocupando o Largo da Fonte, na cidade do Sabugal, é uma boa ideia que deve manter-se.


Há alguns anos narrei aqui uma pequena história que sintetizo: Uma criança americana faz com os pais uma viagem de comboio pela Suíça. A criança olhava maravilhada para as muitas vacas que via da janela, mas depressa se fartou, pois eram todas iguais. Ainda se uma fosse da cor púrpura, murmurava enfastiado…

Ora, a iniciativa «Sabugal Presépio» tem essa qualidade de se distinguir de quantos presépios se fazem por esse país fora, tornando-se numa verdadeira vaca púrpura.

A mensagem já foi passada. Hoje muitos dos meus amigos já me falam do maior presépio do Sabugal e sei que muitos milhares de portugueses já vão em excursão ao Sabugal para ver o presépio.
Sendo uma iniciativa do Município a ela se juntam as escolas, as Associações e Instituições, os artesãos, tornando esta iniciativa numa ótima oportunidade para pôr o Concelho no mapa…

É altura de dar o salto, isto é, de ambicionar mais.

O comércio local, os setores da restauração e da hotelaria têm de ser envolvidos.

Porque não criar, em paralelo, um mês de gastronomia raiana?

Mas é também altura de criar, em conjunto com os setores ligados ao turismo, roteiros programas de fim-de-semana, fazendo com que os visitantes do presépio conheçam a história e o património cultural, material e imaterial do nosso Concelho.

E porque não ligar estas visitas a programas de bem-estar termal no Cró?

Por certo quem «inventou» a ideia do Presépio tem mais ideias.

Vamos a isso, pois o Concelho do Sabugal merece!…

:: ::
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

Deixar uma resposta