Postal TV (252)

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Permitam que aqui, na apresentação da coluna de hoje, lamente que os familiares das vítimas daquela tragédia horrível em Borba estejam naquele sofrimento. Tal como muitos amigos meus daquela cidade de 7.500 habitantes.

Borba - Uma tragédia anunciada - Capeia Arraiana

Borba – Uma tragédia anunciada

Borba/Vila Viçosa – tragédia

Foi uma tragédia. Todos sabemos que é uma estrada municipal há anos. Mas o que importa é que se garanta a segurança nas outras via sda mesma zona. Zona que conheço muito bem, pois ali fiz durante anos e anos um programa regional de rádio. A Judiciária investiga. Esperemos que cada organismo cumpra agora a sua obrigação de garantir a todos nós segurança vital.
Lamento que o meu País funcione assim: depois da casa roubada, tranca na porta…

Ver TV mas na net

Uma curiosidade: a maior parte da malta nova não quer saber da televisão clássica para nada: vêem tudo o que desejam ver, mas na net… Este estudo é muito interessante…

O que se viu nas TVs

Na semana passada, antes da desgraça de Borba, os temas preferidos dos canais foram: Alcochete / ataque à equipa do Sporting / Bruno de Carvalho; Acordo sobre o Brexit – entre a União Europeia e o Reino Unido; Selecções de Futebol.
Mas como sabe, desde o dia do aluimento em Borba, e com toda a razão, o tema da nossa obsessão tem sido esse.

Caramba! Mais um!

Acabo de ler no «Flash» o seguinte, que nem comento: «CASADOS À PRIMEIRA VISTA – Neuropsicólogo de ‘Casados à Primeira Vista’ está a ser investigado à lupa depois de usurpar funções. Mais uma polémica com o programa da SIC, que pode acabar em tribunal, à semelhança do que aconteceu com ‘Supernanny’».

Caramba! Mas isto é como o futebol ou quê?

Li agora também no ‘Flash’ outra que nem precisa de mais comentários do que o que fica em título: «Com medo da SIC, a TVI oferece 2,4 milhões de euros a Manuel Luís Goucha é oficial: Manuel Luís Goucha renova contrato com a TVI e está pronto para a guerra com Cristina Ferreira».

:: ::
«Postal TV», por José Carlos Mendes

Deixar uma resposta