Os bens das igrejas de Vila do Touro

:: :: VILA DO TOURO :: :: O arrolamento dos bens da igreja e capelas da freguesia de Vila do Touro, no concelho do Sabugal, foi coligido pela comissão concelhia de inventário em 30 de Março de 1912. Transcrevemos o respectivo auto de arrolamento e demais documentação existente no processo.

Capela da Senhora do Mercado - Vila do Touro - Sabugal - Censos 1758 - Capeia Arraiana

Capela da Senhora do Mercado – Vila do Touro

Aos trinta dias do mês de março de mil novecentos e doze, nesta freguesia da Vila do Touro e no edifício da igreja, denominada de Nossa Senhora da Assunção, onde compareceu o cidadão Alfredo José de Carvalho, delegado do Administrador deste Concelho, e bem assim o cidadão José Gonçalves Peseta, membro da Junta de Paróquia, indicado previamente pela Câmara Municipal do referido concelho, comigo Filipe José Serra, delegado do Secretário de Finanças e da comissão concelhia de inventários, para os fins consignados no artigo 62º da Lei da Separação das Igrejas do Estado, e assim principiamos o arrolamento e inventário da forma seguinte:

Bens imóveis
Uma igreja, denominada de Nossa Senhora da Assunção, no sítio do Reduto, que serve de igreja matriz, com sacristia contígua, adro com respectiva torre, com dois sinos regulares.
Uma capela no largo de São Sebastião com uma pequena sineta, denominada a de São Sebastião.
Uma capela denominada a da Senhora do Mercado, no mesmo sítio, com uma pequena sineta.
Uma capela denominada de São Jens, no mesmo sítio.
Uma capela denominada a de São Sebastião, no largo do mesmo santo, no povo da Abitureira da referida freguesia, com uma pequena sineta.

Bens móveis existentes na igreja de Nossa Senhora da Assunção
Imagens de:
Senhora da Assunção.
Santo António.
Senhor do Aflitos.
Sagrado Coração de Maria.
Senhor de Tudo.
Sagrado Coração de Jesus.
São Miguel.
Senhora do Rosário.

Alfaias e paramentos:
Um véu de ombros, em regular estado.
Duas capas de asperges, em estado regular.
Um terno branco, em estado regular.
Um pálio, em estado regular.
Uma banqueta de madeira, em estado regular.
Cinco casulas, sendo três brancas, uma verde e outra encarnada.
Três toalhas de linho, em estado regular.
Três alvas, em estado regular.
Três missais, um em bom uso e dois já muito velhos e em mau estado.
Um vaso sacramental, de metal amarelo.
Um turíbulo, de metal amarelo.
Uma custódia de metal.
Uma naveta.
Dois cálices, sendo um lavrado de prata e outro de metal amarelo.
Uma sobrepeliz, em estado regular.
Seis lanternas de pau e lata, já muito velhas.
Quinze opas vermelhas, em mau estado.

Imagens existentes na capela de São Sebastião, no largo do referido santo:
São Sebastião.

Imagens da capela da Senhora do Mercado:
Senhora do Mercado.

Na capela de São Jens:
Imagem de São Jens e um guião dentro da capela.

Bens móveis existentes na capela de São Sebastião, no povo da Abitureira
Imagens:
São Sebastião.
Senhora do Rosário.
Senhora da Saúde.

Alfaias e paramentos existentes na mesma capela:
Uma casula.
Uma alva, em estado regular.
Um missal, em estado regular.
Um cálice de metal amarelo.

Não havendo outros bens a inventariar, se concluí este auto, ficando tudo entregue ao presidente da junta de paróquia, que vai assinar com os representantes do Administrador do Concelho e do secretário de finanças, mencionados no princípio deste auto.

Fonte:
Arquivo e Biblioteca Digital da Secretaria Geral do Ministério das Finanças (Fundo: Comissão Jurisdicional dos Bens Cultuais)

:: ::
«Arrolamento das Igrejas», por Paulo Leitão Batista

Deixar uma resposta