Postal TV (238)

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Vem do Brasil o reforço da equipa de Daniel Oliveira na SIC. Este agora dirigente da SIC ganha a todos com o seu programa. Cada vez há menos gente a ver as televisões generalistas (SIC e TVI incluídas)…

SIC e TVI - Capeia Arraiana

SIC e TVI

Sobral: substituto vem do Brasil

Na SIC, Daniel Oliveira está com problemas parecidos com aqueles que agora são os mais famosos de todos: problemas de equipa. Refiro-me, claro, ao futebol: o treinador não tem pontas-de-lança… faltam defesas centrais… etc..
Na SIC, também: falta o ponta-de-lança que relance o divertimento.
Oliveira não quer Gabriela Sobral.

Acabo de saber que vem aí um desses pontas-de-lança com muito terreno, muito treino: vem do Brasil e chama-se André Cerqueira. Trata-se de «um realizador brasileiro que chegou a comandar a ficção da TVI, foi director-geral da produtora Plural e até chegou a ocupar o lugar de director-geral da TVI» (in ‘Voxpoptv’).

Guerra de audiências: caso concreto – ganha Daniel Oliveira

Um caso bem ilustrativo da luta que domina as televisões. Ao mesmo tempo que a SIC exibe «Alta Definição» (concebido e apresentado exactamente por Daniel Oliveira), a TVI põe no ar o «Conta-me Como És». E no mesmo dia passava a Volta na televisão pública.
Pois bem: no sábado passado, o «Alta Definição» ganhou a todos. Daniel Oliveira deu cartas, mais uma vez, com 624.600 espectadores.
A TVI, com o «Conta-me Como És» fixou 483.300 espectadores.
Ao mesmo tempo, na RTP1 podia ser visto o «Há Volta». Nesse dia, não passou dos 402 mil espectadores.

Audiências: uma desgraça cada vez maior

Na terça-feira passada, foram estes os números infelizes para os quatro canais generalistas:
RTP1 – 9,5%;
RTP2 – 1,5%;
SIC – 15,4%;
TVI – 18,9%.

Repare-se: todos abaixo de 20%. A RTP 1, abaixo mesmo dos 10%. A SIC, que andava nos 20, fica-se pelos 15. A TVI, que andava lá para os 25, nem aos 20 chega – e fica mesmo bem longe. Uma desgraça para todos esses canais. Honra seja feita à RTP 2: anda nos 1,5% há anos. Daí não passa. Mas, também, verdade se diga, que daí não cai… nem sei para onde poderia cair… francamente…

Pelo contrário, o cabo, esse, sobe, sobe, upa, upa: Total CABO –39,9%; Outros –12,6%.

:: ::
«Postal TV», por José Carlos Mendes

Deixar uma resposta