Colégio do Soito vai fechar

Soito - Sabugal - © Capeia Arraiana (orelha)

O Externato Secundário do Soito, no concelho do Sabugal, está entre os seis estabelecimentos de ensino privado que vão encerrar no final deste ano lectivo, devido ao fim dos apoios do Estado.

Externato do Soito

Segundo uma notícia veiculada pela edição on-line do Expresso, a direcção do colégio informou em comunicado que o estabelecimento já não vai voltar a abrir portas no próximo ano lectivo «por falta de financiamento e abandono do Estado».
O colégio, que funciona há 53 anos, encara a medida como resultado de um «excesso de zelo» do Governo, que «roça a perseguição».
A cooperativa proprietária do Externato vai «colocar insolvência por impossibilidade de cumprir os seus compromissos, com os trabalhadores e com o próprio Estado», escreveu António Robalo, presidente da direcção da cooperativa dona da instituição, e presidente da Câmara Municipal do Sabugal.
Ao todo serão 16 os funcionários que vão ficar sem trabalho e cerca de 80 alunos terão de ser redistribuídos pelas escolas locais, à distância mínima de doze quilómetros.
Tiago Nabais, presidente da Junta de Freguesia do Soito, disse ao Expresso que enviou uma carta a Marcelo Rebelo de Sousa e outra a António Costa, pedindo a intervenção dos dois representantes políticos no caso do externato local. Até ao momento, o gabinete do primeiro-ministro foi o único que acusou a recepção da carta e disse ter reencaminhado o pedido para o Ministério da Educação.
plb

2 Responses to Colégio do Soito vai fechar

  1. José Antunes Fino diz:

    Triste que sejam os alunos e os funcionários a pagar uma fatura tão pesada pela gestão errada dos nossos políticos. Quem ganhará com isto?
    Já agora uma sugestão: coincidindo, na mesma pessoa, o presidente da Cooperativa e o presidente da Câmara, por que não propor ao Governo que os funcionários sejam integrados nos serviços do Município?

  2. LUIZ CARLOS PEREIRA DE PAULA diz:

    É assim que se ajuda o INTERIOR!

Deixar uma resposta