Prémio para Casa da Memória Judaica do Sabugal

Casa do Castelo - Sabugal ©‎ Capeia Arraiana (orelha)

A Casa da Memória Judaica da Raia Sabugalense no Largo do Castelo das Cinco Quinas no Sabugal recebeu o Prémio Filme de Divulgação da Associação Portuguesa de Museologia. A cerimónia de atribuição de prémios a nível nacional decorreu esta sexta-feira, 25 de Maio, no Museu dos Coches em Lisboa. Em comunicado o Turismo Centro de Portugal congratula-se com o facto de a região ter sido galardoada com alguns dos principais prémios.

Sabugalense na antiga Casa do Castelo no Sabugal - Capeia Arraiana

Casa da Memória Judaica da Raia Sabugalense na antiga Casa do Castelo no Sabugal

Melhor Museu do Ano está no Centro de Portugal

O Turismo Centro de Portugal congratula-se com o facto de a região Centro de Portugal ter sido galardoada com alguns dos principais prémios da Associação Portuguesa de Museologia (APOM), na cerimónia que decorreu ontem, no Museu Nacional dos Coches, em Lisboa.

A cerimónia premiou os museus que mais se destacaram este ano, em 25 categorias a concurso. O Centro de Portugal esteve particularmente em evidência, não só porque o prémio principal – Melhor Museu do Ano – distinguiu o Museu Metalúrgica Duarte Ferreira, no Tramagal, localizado nesta região, mas também pela extensa lista de galardões entregues a outros espaços museológicos do Centro.

«É com grande satisfação, mas sem surpresa, que saudamos os prémios atribuídos pela Associação Portuguesa de Museologia aos museus do Centro de Portugal. Desde logo, o prémio principal, que distingue um projecto muito recente, mas que já é merecedor de uma tão elevada distinção, com toda a justiça. Os meus parabéns à Câmara Municipal de Abrantes e à parceria que instalou o Museu Metalúrgica Duarte Ferreira, mas também a todos os outros museus da região que saíram premiados na cerimónia», salientou Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

«A diversidade dos museus que podem ser visitados no Centro de Portugal é um trunfo da região, do ponto de vista turístico. Uma região tão rica e com uma oferta tão alargada, que tem conseguido captar o interesse de cada vez mais visitantes, nacionais e internacionais, está felizmente representada nos seus espaços museológicos. Os turistas procuram, de forma crescente, produtos diferenciados e o património cultural e patrimonial é uma grande mais-valia,
acrescentou.

Os prémios da Associação Portuguesa de Museologia distinguiram os seguintes museus do Centro de Portugal:

– Melhor Museu do Ano: Museu Metalúrgica Duarte Ferreira (Tramagal).

Prémio Filme de Divulgação: Centro de Interpretação da Batalha do Bussaco (Mortágua) e Casa da Memória Judaica da Raia Sabugalense (Sabugal).

– Prémio Instituição: Câmara Municipal de Mação – Instituto Terra e Memória.

– Prémio Aplicação de Gestão e Multimédia: Museu Marítimo de Ílhavo e PO.RO.S – Museu Portugal Romano em Sicó (Condeixa-a-Nova).

– Menção Honrosa nesta categoria para o Museu Damião de Góis e das Vítimas da Inquisição (Alenquer).

– Prémio Marketing Cultural: Museu de Leiria, com a exposição ReBelDes.

– Prémio Inovação e Criatividade: Museu Municipal de Ourém.

– Prémio Colecionador: Luís Pereira de Sampaio (Alcobaça); Menção Honrosa nesta categoria para Manuel Silva, pelo Museu da Rádio Radiolândia (Oliveira do Bairro).

– Prémio de trabalho de Museografia: Menção Honrosa nesta categoria para o Museu Judaico de Belmonte e para o Museu Damião de Góis e das Vítimas da Inquisição (Alenquer).

– Prémio Investigação: Polo Museológico de Vilar Formoso, Fronteira da Paz – Memorial aos refugiados e ao Cônsul Aristides Sousa Mendes; Menção Honrosa nesta categoria para o Museu Metalúrgica Duarte Ferreira (Tramagal) e para o Museu da Comunidade Concelhia da Batalha.

Sobre o Turismo Centro de Portugal

O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. Esta é a maior e mais diversificada área turística nacional, abrangendo 100 municípios, e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa. É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias.

:: ::
Pessoalmente dedico este prémio à memória da saudosa Natália Bispo. Sem a «sua» Casa do Castelo, sem a sua tenacidade, sem a sua força de vontade, sem as suas relações públicas, sem a sua firme dinamização dos temas judaicos nunca teria chegado até nós o «altar» judaico Haron Hakodesh e este espaço em boa-hora preservado e valorizado pela Câmara Municipal do Sabugal. Bem-haja Talinha.

jcl (com Turismo Centro de Portugal)

Deixar uma resposta