Os bens da igreja dos Fóios

:: :: FÓIOS :: :: O arrolamento dos bens da igreja da freguesia de Fóios, no concelho do Sabugal, foi coligido pela comissão concelhia de inventário em 29 de Março de 1912. Transcrevemos o respectivo auto de arrolamento existente no processo.

Igreja dos Fóios

Aos vinte e nove dias do mês de março de mil novecentos e doze, nesta freguesia de Fóios e no edifício da igreja paroquial denominada de São Pedro, onde compareceram os cidadãos José Augusto Martins Paiva, representante do Administrador deste Concelho, e bem assim o cidadão Manuel Joaquim Afonso, indicado previamente pela Câmara Municipal deste mesmo concelho, comigo Filipe José Serra, delegado do Secretário de Finanças e da Comissão Concelhia de Inventários, para os fins consignados no artigo 62º da Lei da Separação das Igrejas do Estado, e assim principiamos o arrolamento e inventário da forma seguinte:

Bens imóveis
Uma igreja denominada de São Pedro, que serve de igreja matriz, situada no largo do mesmo nome, com sacristia, campanário, tendo este dois sinos de tamanho regular.

Bens móveis
Imagens:
S. Pedro.
S. José.
S. Brás.
S. Sebastião.
Senhora do Rosário.
Senhora da Conceição.
Santo António.

Alfaias e paramentos:
Uma custódia de chumbo.
Um cálice de metal em péssimo estado.
Uma cruz de madeira
Quatro lanternas de lata.
Uma caldeirinha de metal.
Um tríbulo e naveta.
Duas casulas de damasco, em mau estado.
Um missal, em mau estado.
Duas alvas, também em mau estado.
Uma banqueta de madeira.
Uma umbela de damasco, em estado regular.
Um pálio de damasco, em mau estado.
Não existem bens do passal.
E não havendo outros bens a inventariar, se conclui este auto, ficando tudo entregue ao presidente da comissão paroquial, que assina com os representantes do Administrador do Concelho e do Secretário de Finanças, mencionados no princípio deste auto.

Fonte:
Arquivo e Biblioteca Digital da Secretaria Geral do Ministério das Finanças (Fundo: Comissão Jurisdicional dos Bens Cultuais)

:: ::
«Arrolamento das Igrejas», por Paulo Leitão Batista

Deixar uma resposta