Postal TV (202)

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Hoje, cumpre-me elogiar a RTP em dois níveis: a subida de terça-feira passada para os níveis de audiências da SIC, praticamente; e o sucesso do programa «de culinária» de Malato. Dou a mão à palmatória: sempre disse que aquilo não iria a lado nenhum.

A minha mãe cozinha melhor do que a tua - José Carlos Malato - José Carlos Mendes - Capeia Arraiana

A minha mãe cozinha melhor do que a tua – programa de José Carlos Malato (foto: D.R.)

Audiências

Transcrevo directamente do canal ‘Zapping – TV’ o cálculo provisório de anteontem: «Audiências – Totais diários de terça-feira, 5 de dezembro de 2017: RTP1 – 16,7% RTP2 – 1,1% SIC – 17,8% TVI – 22,2% Total CABO – 31,4% Outros – 8,8%».
E comento apenas que de vez em quando dá vontade de dizer que a RTP às vezes vem ao de cima. às vezes… Porque no dia anterior, segunda, não passou dos 11 por cento, lugar onde nos habituou a vê-la. Mas vá lá: na terça subiu aos 16. Oxalá isso acontecesse sem futebol também… Reparem como nesse dia se aproxima da SIC.
Só a título de curiosidade: José Carlos Malato está a surpreender-me com aquela coisa e as audiências provam que eu estava errado. Ora leia:

«“A Minha Mãe Cozinha Melhor Que a Tua” tem-se mostrado mais competitivo no decorrer desta semana. Ontem, José Carlos Malato conseguiu o seu melhor share do ano.
Com inicio pelas 12h13, “A Minha Mãe Cozinha Melhor Que a Tua” fechou nos 3.7% de rating e nos 19.6% de share. Cerca de 362 600 espectadores seguiram o concurso da RTP1.
Com o “A Minha Mãe Cozinha Melhor Que a Tua”, a estação pública teve uma aproximação da SIC. O “Queridas Manhãs” nesta última hora da manhã marcou 4.3% de audiência média e 22.6% de share. Já o “Você na TV!” conseguiu na faixa das 12h, 5.8% de rating e um share de 30.7%.».

Antecipação: “D’Improviso” vai acabar já, já…

Permitam que lhes anuncie já: ainda bem que a SIC concorda comigo: o «D’ Improviso» não vale nada. Por isso, vai já ao ar e será substituído já no primeiro trimestre por algo que pode motivar.
Trata-se, ao que leio, de um «consagrado sucesso mundial», já apresentado em muitas televisões por esse mundo fora. Não se sabe ainda mais nada. Mas foi garantido que «começa já em Janeiro».

:: ::
«Postal TV», por José Carlos Mendes

Deixar uma resposta