As severas leis de Ricardo Coração de Leão

Quando, em 1189, Ricardo Coração de Leão embarcou, para se dirigir de Inglaterra para a Terra Santa, decretou uma severíssima lei penal, tendo em vista garantir a boa ordem dos que integravam a cruzada.

Ricardo Coração de Leão

A todos os homens que vão por mar a Jerusalém, saúde.
Sabei que nós, com o conselho dos homens bons, fizemos a seguinte ordenação:
– Quem matar um indivíduo a bordo, será deitado ao mar amarrado com o morto;
– Mas se o matar em terra será enterrado com ele;
– Se alguém puxar por faca contra outrem e lhe fizer sangue, terá a mão cortada;
– Se alguém der uma bofetada a outrem, levará três mergulhos no mar;
– Se alguém doestar, escarnecer ou amaldiçoar outrem, pagar-lhe-á tantas onças de prata, quantas forem as vezes que o ofender;
– Ao ladrão rapar-se-á a cabeça, e sobre ela deitar-se-á pez derretido, espalhando-lhe por cima as penas de um travesseiro, e pôr-se-á em terra no primeiro porto onde o navio chegar.
:: ::
(por Paulo Leitão Batista)

Deixar uma resposta