Faleceu o padre Júlio Esteves

Obituário - © Capeia Arraiana

Faleceu quarta-feira, 27 de Setembro, o padre Júlio Esteves, diretor da Rádio Despertar, a Voz de Estremoz. O sacerdote era natural de Aldeia do Bispo, no concelho do Sabugal onde ficará sepultado.

Padre Júlio Esteves - Obituário - Capeia Arraiana

Padre Júlio Esteves – Aldeia do Bispo – Sabugal

O padre Júlio Esteves nasceu em 29 de Outubro de 1935, em Aldeia do Bispo, na Raia sabugalense, tinha mais de meio século de sacerdote e era um dos muitos padres do concelho do Sabugal que fizeram carreira no Alentejo. Júlio Luís Esteves foi ordenado padre em 28 de Junho de 1959. Para além da vida sacerdotal foi durante vários anos professor de Português e de Latim na Escola Secundária de Estremoz e no Seminário de Vila Viçosa.
O padre raiano era actualmente pároco em Estremoz, onde foi fundador da Rádio Despertar, e membro da direcção desta estação de inspiração cristã. Foi ainda grande dinamizador de Cursos de Cristandade dirigidos aos paroquianos e de viagens dos seus paroquianos a diversas localidades do país e do estrangeiro, incluindo muitas vezes as terras do Sabugal nos percursos.
A dedicação e o empenho do Padre Júlio dotaram esta nomeação como Cónego da Sé Catedral de Évora, pelo também raiano Arcebispo D. José Alves, natural da Lageosa da Raia.

O corpo do Padre Júlio Esteves estará em camara ardente na Igreja de Santa Maria em Estremoz onde, ontem, quinta-feira, foi celebrada missa de corpo presente presidida por Dom José Alves, Arcebispo de Évora.
O cortejo fúnebre seguiu depois para Aldeia do Bispo, no concelho do Sabugal, onde foi sepultado.

Fundada em 1984, em Estremoz, a Rádio Despertar – Voz de Estremoz tem como missão comunicar com a população e divulgar os acontecimentos quer a nível regional, quer a nível nacional. Esta rádio pode ser ouvida em vários distritos alentejanos.

:: ::
À Família do padre Júlio Esteves o Capeia Arraiana endereça as mais sentidas condolências.
jcl (com Ecclesia)

One Response to Faleceu o padre Júlio Esteves

  1. Adérito Tavares diz:

    Lamento profundamente a morte do Cónego Júlio Esteves, de quem era amigo e conterrâneo. Ele pertenceu a uma geração formada nos seminários de Vila Viçosa e Évora que chegou a contar com oito sacerdotes naturais de Aldeia do Bispo. Dotado de grande inteligência e de vasta cultura, o Cónego Júlio Esteves era um homem bom, amante da sua terra e das tradições raianas. Que descanse em paz.
    Adérito Tavares

Deixar uma resposta