Teoria sobre o sono

Há algumas décadas os livros escolares e os almanaques continham alguns conselhos sobre a importância do sono para a saúde física e mental.

Não se deve dormir mais do que oito horas

Vejamos um texto, datado de 1937, sobre o dormir exageradamente e a consequente preguiça:
Nunca se deve dormir mais de 8 horas, dizem os médicos. O sono prolongado por mais tempo do que o normal origina nos tecidos do corpo humano um amolecimento, que juntamente com o repouso exagerado de todo o organismo, degenera em preguiça. Esta preguiça torna-se paulatinamente num vício, e aí temos nós os «dorminhocos», como diz o vulgo.
O tempo excessivo na cama produz indolência intelectual e física, prejudicando as pessoas, que, sem quase darem por isso, executam os seus trabalhos com aborrecimento e sacrifício.
De resto está provado que o sono normal de 8 horas, dá saúde, vigor e desenvolvimento. A melhor regra, é sempre deitar cedo, e levantar também cedo, pois o repouso bem regulado dá ao organismo vitalidade física e intelectual.
:: ::
(por Paulo Leitão Batista)

Deixar uma resposta