Resultados das unidades de missão

Paulo Leitão Batista - Contraponto - © Capeia Arraiana (orelha)

Alegando querer resolver problemas complexos e abrangentes, a Câmara Municipal do Sabugal assumiu quatro focos estratégicos de actuação e criou para o seu prosseguimento igual número de «unidades de missão». O que interessa saber é qual foi o trabalho desenvolvido e se os problemas foram entretanto resolvidos.

Sabugal + Valor – uma das «unidades de missão» do Município

A criação de estruturas de missão está legalmente prevista e consiste na formação de grupos de trabalho para a prossecução de tarefas importantes e temporárias que não possam, à partida, ser desenvolvidas pelos serviços existentes. Às estruturas de missão é conferida uma duração temporal limitada e são-lhe impostos objectivos para cumprir.
O Município do Sabugal, levando a peito a ideia de ultrapassar constrangimentos importantes, criou quatro grupos de trabalho, a que chamou Unidades de Missão:

SABUGAL + CRIATIVO – uma governança focada.
Com o objetivo de sistematizar o papel da Câmara enquanto promotora do desenvolvimento económico concelhio, numa óptica de optimização do modelo de governação, de aproximação aos vários sectores da actividade económica, criando modelos eficientes de apoio à fixação de pessoas, através da qualificação dos recursos humanos e da criação de empresas e de emprego sustentáveis.

SABUGAL + SOCIAL – uma aposta nas pessoas.
Para dar respostas inovadoras a problemas da comunidade do Sabugal, com impacto positivo superior comprovado relativamente às soluções existentes. Pretende constituir-se localmente como um motor para a melhoria das respostas a problemas sociais, para a promoção de práticas mobilizadoras do sucesso educativo e melhoria da qualidade de vida do idoso numa óptica de promoção do envelhecimento activo, tanto ao nível de políticas públicas inovadoras como do dinamismo da economia social (terceiro setor).

SABUGAL + VALOR – desenvolvimento rural.
Pretendendo criar um conjunto de ações e dinâmicas direcionadas para alavancar e potenciar o sector primário no Sabugal, integrando os sectores agrícola, florestal e zootécnico, tendo a competitividade, inovação e valorização ambiental como factores de diferenciação.

SABUGAL + ATRATIVO – surpreenda os sentidos.
Pretendendo constituir-se como uma oportunidade de definir o posicionamento municipal sobre as áreas do Turismo, Cultura e Lazer, paralelamente à candidatura à Carta Europeia de Turismo Sustentável.

Para a operacionalização destes projectos foram-lhes alocados meios financeiras, acertaram-se parcerias com outras entidades, contrataram-se recursos humanos e foram planeadas actividades.
A questão que se coloca é saber que verbas foram efectivamente usadas, que actividades foram desenvolvidas e, sobretudo, quais os resultados alcançados por essas propaladas Unidades de Missão.
:: ::
«Contraponto», opinião de Paulo Leitão Batista

One Response to Resultados das unidades de missão

  1. Ramiro Manuel Lopes de Matos diz:

    caro Paulo
    Fizeste bem em trazer este tema aqui, pois a constituição destas Unidades de Missão são a prova provada do que tem sido a gestão do Município nestes últimos anos.
    Na verdade, estas 4 Unidades decorrem de um aproveitamento do conteúdo do Plano Estratégico, não no sentido de concretizar os projetos nele incluídos, mas numa tentativa de se apresentar com um ar de modernidade e de criar a ilusão a quem não aprofunda o assunto de que o Município está a fazer obra!.
    Mas quando não se tem uma estratégia claramente definida e assumida, ou quando não se quer implementar a estratégia entretanto definida, criam-se nomes sonantes para fingir que se faz alguma coisa.
    Basta ir ao sítio da Câmara ver os projetos que cada uma destas Unidades tem feito, para se perceber que as mesmas só existem para “inglês ver”.
    E isto não tem nada a ver com a competência e a dedicação dos trabalhadores que estão colocados nestas Unidades.
    Estou totalmente convencido que com uma liderança esclarecida a nível político e capaz de definir os grandes objetivos para um Concelho do Sabugal melhor, estes mesmos trabalhadores vão fazer um trabalho de grande qualidade.
    E esta é mais uma razão porque é urgente a mudança!….

Deixar uma resposta