Postal TV (184)

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Há canais que descem todos os dias de audiências. Há canais que, por artes e truques, sobem e sobem… Tal como os ordenados das estrelas de TV…

Eis as duas estrelas das nossas TVs que mais «arrebanham»

Resultado de imagem para estrelas Tv Portugal

Audiências
Segundo o ‘Zapping’, os totais de terça-feira, 1 de agosto, apontam para as seguintes percentagens de audiências dos canais abertos e do cabo:
RTP1 – 11,0%; RTP2 – 1,8%; SIC – 16,6%; TVI – 19,9%; Total CABO – 35,4%; Outros – 13,5%.
Outro estudo mostra a CMTV como sendo a estação-cabo mais vista. Aguenta-se em cima há vários meses, com 2,6%, em média.
Esta estação, aliás, atravessa um período de expansão continental: chega ao Brasil e ao Canadá, depois da França e outras zonas da Europa central.
«No primeiro semestre deste ano, a SIC Notícias registou um share de 2,1% (média de 40 100), a TVI 24 obteve 1,9% (35 700) e a RTP 3 ficou-se pelos 0,9% (16 900)».

Notícias pessoais: as estrelas da TV
1. Teresa Guilherme: «Já não vou apresentar mais ‘reality shows’.
2. Ordenados escandalosos. Uma revista vem há algum tempo insistindo no escândalo de alguns honorários de estrelas de TV. Talvez lhe interesse um resumo: Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha (40 mil euros mensais); Fátima Lopes (35 mil); Júlia Pinheiro (30); Catarina Furtado e Fernando Mendes (cerca de 15); José Carlos Malato (14). Seguem-se, até aos 10 mil: Herman, Jorge Gabriel e Tânia Ribas de Oliveira.
:: ::
«Postal TV», por José Carlos Mendes

Deixar uma resposta