Postal TV (179)

José Carlos Mendes - A Minha Aldeia - © Capeia Arraiana

Já repararam que as regras (melhor: a falta delas) das redes sociais se estão a espalhar perigosamente pelas televisões fora? Fico estarrecido e preocupado. Mas, sem medidas, de nada me vale… Há-de ser cada vez pior. Se não, leia.

Refiro-me basicamente aos ataques dos clubes uns contra os outros (mas apenas na área do futebol) – ia dizer: clubes desportivos, mas emendei a tempo: não se trata já de desporto, mas apenas de negócio e coitados dos adeptos e sócios que levam com este chavascal em cima…
Toda a gente saberá ao que me refiro.
Basicamente ao exvovalho entre Benfica, Porto e Sporting devido a cartilhas de comentadores, emails sobre e com árbitros, acusações de práticas de corrupção e degradação com prostitutas e dirigentes de vários sectores do mesmo futebol, e, hoje mesmo (quarta-feira) até acusações de recurso a «bruxaria» (isto dito com cara séria como se eu, espectador, fosse anormal e mentecapto). E, agora mesmo, ameaças vindas do Porto contra o Benfica de que «se for preciso tenho ainda material pior e mais inciminatório» e a ameaça deabrida: «se for preciso mostro o que tenho».
Lembram-se do Apito Dourado?
Pois bem: isso não foi nada, comparado com o que está em cima da mesa e com o que ameaça aparecer ainda – sejam as peças verdadeiras ou forjadas, alguém averguará isso, suponho, mas o que aí está já chega.
Pessoa amiga disse-me ontem:
– Estes tipos ainda obrigam a FIFA e a UEFA a pôr os três na prateleira e adeus futebol em Portugal.
Isso não vai acontecer, acho.
Mas quem precisava de ser posto numa qualquer prateleira, perante este desbragamento, eram as seguintes televisões prevaricadoras: RTP 1 e 3, SIC e SIC-Notícias; TVI e TVI 24, e CMTV.
:: ::
«Postal TV», por José Carlos Mendes

Deixar uma resposta