Teorias populares de previsão do tempo

Muito antes de se recorrer à tecnologia para prever o tempo, as pessoas faziam-no pela observação e com base em crenças populares, evitando ser surpreendidas pelo mau tempo.

Pode prever-se o tempo observando o comportamento dos animais

Calcular o tempo pelos quadrúpedes
A observação atenta do comportamento dos animais era uma forma de fazer prognósticos sobre o tempo:
Se um burro se espoja anuncia bom tempo; se caminha de lado, levantando as orelhas, vem chuva; se corre desenfreado, temos ventania.

Previsão do tempo em adágios
Ao meio-dia, ou carrega ou alivia
Ao quinto dia verás que mês terás
Boa noite após mau tempo, traz depressa ou chuva ou vento
Canta o corvo, vento certo
Ano de bogalhos, ano de trabalhos
Sol roxo, água a olho
Vermelho para a serra, chuva na terra
Manhã de nevoeiro, tarde de sol
Névoa em alto, água em baixo
Céu pedrento, chuva ou vento
Corujas ao serão, água na mão
Nevoeiro de mais de três dias, dura oito
Norte bravo, chuva no cabo
Quando o ganso mergulha, traz o trigo para a tulha
Se o sapo salta, a água não falta
Serra queimada, terra alagada
Sol que muito madruga, pouco dura
Vento suão, chuva na mão
Água de trovão, em parte dá, em parte não
Lua deitada, marinheiro de pé
Março, marçagão, de manhã inverno, à tarde verão

Previsão do tempo pelo estado do céu
Céu azul, claro e brilhante indica bom tempo, mas se ao por do sol toma a cor amarelo pálido, anuncia chuva próxima.
O céu brumoso ao nascer do sol anuncia bom tempo.
Nuvens vermelhas de madrugada e amarelas e brilhantes à boca da noite, anunciam vento ou chuva.
Pequenas nuvens como flocos de algodão precedem mudança de tempo.
Dia inteiro com nuvens grossas e arredondadas (cúmulos), amontoadas umas sobre as outras, indicam chuva ou tempestade.
Se, com o céu encoberto, se formam cúmulos a oeste do horizonte, virá bom tempo.
Nuvens escuras e pesadas indicam chuva certa.
Se as nuvens se mantêm longo tempo presas nas encostas das montanhas, virá chuva.
Se após a dissipação do nevoeiro o céu se mantém encoberto, temos chuva.
Se após a dissipação do nevoeiro o céu fica limpo seguem-se dias de bom tempo.

Uma história de meteorólogos
Uns meteorólogos que andavam em prospecção, chegaram ao cair da tarde a casa de uma camponesa e pediram-lhe que os deixasse dormir no pátio.
Mas a boa mulher convidou-os a dormirem dentro de casa, pois era sua opinião de que choveria muito durante a noite.
– Ficaremos no pátio! – disse-lhe o chefe dos meteorólogos . Pode estar certa de que não choverá esta noite.
Realmente choveu tanto que os viajantes, encharcados até aos ossos, acabaram por pedir à camponesa que lhes abrisse a porta para se abrigarem. Perguntaram-lhe então:
– Como é que a senhora soube que iria chover?
– Porque o meu burro espojou-se no chão ao meio-dia, e sempre que o faz vem borrasca à noite!
Envergonhados os meteorólogos entreolharam-se e um deles disse aos outros:
– Vamos embora, colegas, porque aqui há um burro que sabe mais do que nós.
:: ::
(por Paulo Leitão Batista)

Deixar uma resposta