Santana

Manuel Leal Freire - © Capeia Arraiana

Manuel Leal Freire brinda-nos com uma vaga de poemas em louvor dos Santos de cada dia. Semanalmente, ao domingo, a poesia do bismulense de pena firme e de memória prodigiosa deslumbra-nos com a exortação aos valores maiores deste nosso recanto raiano.

Imagem de Santa Ana transportada por fiéis da Bismula (foto bismula.wordpress)

SANTANA

As terras que chamamos Santa Ana
Por esta ter ali a sua orada
Desde que regista presença humana
Foi sempre zona havida por sagrada

Muito antes da era pré romana
Gravura em dura rocha desenhada
Mostra bem que a fé irmana
Os homens na sua longa caminhada

Um ser superior chamado Deus
Domina mesmo além dos céus
Até aqueles que por ateus se confessam

O ateísmo não é uma crença
Mas sim uma nata de descrença
É assim que os filósofos começam

:: ::
«Poetando», Manuel Leal Freire

Deixar uma resposta