Lisboa homenageia Eduardo Sucena

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

O escritor guardense Eduardo Sucena vai ser recordado numa sessão pública promovida pela Comissão de Estudos Olisiponenses e pela Associação dos Arqueólogos Portugueses, no dia 6 de Maio (sábado), pelas 15 horas, no Museu Arqueológico do Carmo. Na homenagem participa o poeta e pintor sabugalense J. Leitão Baptista.

Colóquio Homenagem Eduardo Sucena - cartaz e programa (1)-1

A homenagem assume a forma de colóquio, subordinado ao tema «Esta Lisboa que eu amo», dedicado a Eduardo Sucena, o escritor da Guarda que se apaixonou por Lisboa colaborando com diversas instituições da cidade, sobretudo na área da cultura.
O poeta e pintor J. Leitão Baptista, natural da Bismula, concelho do Sabugal, fará uma comunicação subordinada ao tema: «No rito dos passos, em pedras polidas, marcas que possam ser lidas (in memoriam de Eduardo Sucena)».
Falarão outros estudiosos de Lisboa, como Fernando Andrade Lemos, Clementino Amaro, Heitor Pato, António Dias Diogo, Laura Trindade e Ana Cristina Martins.
Eduardo Sucena nasceu em 1929, na cidade da Guarda, e faleceu no dia 30 de Dezembro de 2016, em Lisboa. Dedicado aos estudos olisiponenses, era também especialista na história do Fado e dos Templários em Portugal, para além de profundo conhecedor da obra literária de Nuno de Montemor.
plb

Deixar uma resposta