Futebol – Sabugal vence Mêda por 4-0

Sporting Clube Sabugal - Sabugal - Capeia Arraiana (orelha)

O Sporting Clube do Sabugal recebeu e derrotou o clube da Mêda no Estádio Municipal por 4 golos sem resposta, o que lhe garante continuar a liderar o Campeonato Distrital da Associação de Futebol da Guarda.

Jogadores festejam o terceiro golo

Jogadores festejam o terceiro golo

Jogo grande no Municipal do Sabugal a opor o primeiro e o terceiro classificado do campeonato distrital de futebol.
Aquele que se previa um embate difícil para o Sporting Sabugal acabou por ser um dos mais fáceis jogos da presente época desportiva, fruto em exclusivo de ter a equipa local realizado a melhor exibição da época.
Para este importante desafio Ricardo Igreja escolheu o seguinte onze:
Nuno Morais, Maio, Pires, Sérgio, David, Jorgito, Barra, Nuno Marcos, Rebelo, João Pedro e Camilo. Para possíveis alterações estavam no banco: Nuno Marques, Pedro, Mica, Bessa, Janela, Velho e Rui Santos.
Entrou muito bem a equipa local tomando desde o primeiro minuto conta do jogo não deixando que o adversário incomodasse o ultimo reduto do Sabugal, fruto desse domínio foi com naturalidade que logo aos 5 minutos de jogo, João Pedro falhasse de forma escandalosa um golo onde só era necessário empurrar a bola para a baliza após passe primoroso de Rebelo. Não entrou essa bola, entrou outra passado pouco tempo desta vez Nuno Marcos não falhou e inaugurou o resultado para os locais. A perder desde muito cedo a equipa forasteira teve de abrir o jogo e aí continuou o festival de Rebelo, que após mais uma arrancada pelo flanco direito centrou com conta peso e medida e desta vez João Pedro não falhou, aumentando assim o resultado para o Sabugal. Não baixou os braços o Sabugal que continuou a jogar bem e rápido e após mais um incursão de Rebelo um defensor local cede canto e na conversão do mesmo 3-0 para o Sabugal este da autoria do central Maio.
Quando se pensava que o Sabugal ia abrandar o ritmo de jogo, nada disso aconteceu e logo de seguida o guarda-redes forasteiro a cometer falta para grande penalidade, prontamente assinalada pelo árbitro do encontro, ficando o respectivo vermelho por mostrara visto que Rebelo ia isolado para a baliza, mostrando, que este não era o seu dia João Pedro encarregou-se de falhar o castigo máximo.
A Mêda, era nesta altura uma sombra do que se esperava do terceiro classificado e foi pois sem surpresa que Barra após passar por toda a defensiva forasteira, guarda-redes incluído, faz o mais difícil e acerta no poste esquerdo da baliza à guarda de Valter.
Com a chegada do intervalo e consequente reatamento da partida o Sabugal “acalmou” o seu jogo o que permitiu à Mêda, começar a jogar mais no meio campo local sem contudo conseguir criar jogadas de perigo para o guardião local. Atendendo a que o jogo estava ganho e tendo em consideração a difícil deslocação do próximo fim-de-semana a S. Romão, o treinador local fez sair por mera gestão de plantel Nuno Marcos, Barra e Pires, estes dois últimos já com amarelo, evitando assim eventuais expulsões entrando para os seus lugares Pedro, Rui Santos e Mica.
Com estas substituições o futebol do Sabugal manteve a sua consistência, continuando a dominar o adversário a seu belo prazer conseguindo aumentar o resultado para 4-0, este golo da autoria de Rui Santos.
Em resumo foi um jogo demasiado fácil para aquilo que se esperava, temos de reconhecer que se esperava muito mais da equipa forasteira, mas seria injusto não dizer que perante este Sabugal seria muito difícil acontecer outro resultado que não a vitória dos locais, esperamos é que esta exibição se repita já no próximo domingo e se isso acontecer muito dificilmente a vitória deixará de vir para o Sabugal, só que todos sabemos que o futebol é uma caixinha de surpresas, compete pois ao grupo de trabalho não entrar em euforias pois nada está ganho e esta equipa tanto pode vencer o campeonato distrital e a taça de honra como pode não ganhar nada.

Uma nota final para apelarmos a todos os amantes do desporto e do futsal em particular, para não deixarem de ir no próximo sábado pelas 19 horas ao pavilhão municipal apoiar a equipa do Sabugal frente ao Manteigas, pois sendo o último jogo do campeonato e em caso de vitória ou mesmo empate o Sporting Sabugal irá sagrar-se campeão distrital.
SC Sabugal

Deixar uma resposta