Notas humorísticas

ca2017_HistoriasAlmanaque_180x135

Citações curiosas, episódios rocambolescos, notas indiscretas, rábulas, curiosidades, anedotas de ocasião, atitudes peculiares e ditos de espírito – eis as «Histórias de Almanaque». Apresentamos mais alguns episódios humorísticos.

Consulta médica

Consulta médica

Prescrição médica
Certo viúvo procurou o médico da família e disse-lhe:
– O Senhor Doutor tinha-me prometido curar a minha mulher se ela seguisse à risca seu tratamento. Ela seguiu-o e morreu, doutor!
– Durante quanto tempo ela cumpriu as minhas recomendações?
– Durante 15 dias.
– Então não me admira que tenha morrido. Não seguiu rigorosamente o que lhe disse. Eu prescrevi-lhe tratamento para um mês.

A bagagem do viajante
O combóio rápido Lisboa-Porto está pronto a partir. Os compartimentos estão a abarrotar de passageiros. Um viajante procura em vão um lugar. Enfim, crê achar um banco onde se sentar:
– Perdão, senhor – diz-lhe um homem gordo, o lugar está ocupado. É de um amigo meu que saiu para comprar o jornal.
E aponta uma sacola de couro preto que, com efeito, ocupa o lugar.
Os outros viajantes riem à socapa. Sabem que o homem gordo está a mentir, pois a bagagem pertence-lhe…
Entretanto o chefe da estação dá o sinal de partida.
– Diabo! O seu amigo devia despachar-se – diz o viajante.
O outro, querendo simular desgosto, toma um ar inquieto – o amigo terá ficado na plataforma?
O comboio põe-se em marcha. E o homem gordo faz-se ainda mais desesperado – o amigo perdeu mesmo o comboio!
– Ah! – exclama o outro viajante – pelo menos não perderá a sacola.
E pega no objecto e atira-o rapidamente pela janela, para grande espanto do seu proprietário, o homem gordo, que se sente como a raposa apanhada por uma galinha.
:: ::
(por Paulo Leitão Batista)

Deixar uma resposta