Da escola básica do Sabugal às casas dos magistrados

Ramiro Matos - Sabugal Melhor - © Capeia Arraiana (orelha)

O que se pretende para a Escola Básica do Sabugal? E para as casas dos magistrados?

A Casa dos Magistrados

A Casa dos Magistrados

1 – A Escola Básica do Sabugal
Na reunião de Câmara de 17 de fevereiro foi aprovado por unanimidade autorizar a celebração do Acordo de Cooperação Técnica para Requalificação e Modernização da Escola Básica do Sabugal com o Ministério da Educação.
Penso tratar-se do edifício onde funciona o 1º Ciclo do ensino Básico, isto é, a Escola Primária no Largo da Fonte.
A ser assim, seria bom que todos pudéssemos saber do que se trata, pois na Carta Educativa estava previsto um Centro Escolar na cidade do Sabugal, depois falou-se em adaptar a EB 2,3, transferindo o 1º ciclo para lá, e agora é de requalificação e modernização do edifício antigo que se trata?
Afinal onde ficamos?
O edifício da Escola Primária é um exemplar arquitetónico de grande qualidade e não sou, naturalmente, contra a continuidade da sua utilização como edifício escolar.
Mas, e no meu entender, a passagem da EB1 para o complexo de escolas EB 2,3 e Secundária, permitiria a libertação do atual edifício para outro tipo de utilizações, por exemplo uma verdadeira Biblioteca Municipal.

2 – As casas dos Magistrados
Infelizmente sem qualquer utilidade estas duas moradias geminadas têm-se mantido abandonadas e em degradação.
Sempre defendi que as mesmas deviam vir à posse do Município, mas nunca me passou pela cabeça que as mesmas se transformassem no arquivo municipal, como parece ser ideia do sr. Presidente.
Localizadas numa área nobre da cidade, sempre me pareceu que a sua demolição, bem como das instalações da Viúva Monteiro, deviam fazer parte de um projeto a sério de requalificação do Largo da Fonte.
Abrir o largo ao rio, deixando o edifício da Escola, o Depósito, a fonte e a sede da CGD, intervir em alguns dos edifícios que, infelizmente, a história recente nos legou, essa seria uma forma de criar uma sala de visitas condigna de uma cidade sede de concelho.
Claro que pode haver outras utilizações, mas nunca instalar o arquivo municipal num dos locais mais nobres do Sabugal.

:: ::
ps. Mais importante do que saber que um secretário de estado escondeu a saída para “offshores” de 10 mil milhões de euros era saber de quem era este dinheiro, para se perceber…
:: ::
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

One Response to Da escola básica do Sabugal às casas dos magistrados

  1. Virgilio Afonso diz:

    Há muito que a solução ,agora objecto deste Acordo de Cooperação, deveria ter sido implementado. Mas vale mais tarde que nunca.
    Efectivamente trata-se da deslocalização da actual Escola básica ,para o edifício
    da ex-Escola Preparatória.
    Este processo, está iniciado, estando a Câmara a desenvolver o necessário projecto de requalificação, que deverá converter-se em empreitada da responsabilidade da Autarquia.
    O futuro dos Edifícios da Escola e da Casa dos Magistrados , deve ser alvo de intervenção dando-lhe um uso adequado a estudar.

Deixar uma resposta