PJ deteve três homens por escravidão no Sabugal

O Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária (PJ) da Guarda deteve três homens por tráfico de pessoas, sequestro e escravidão em Aldeia de Santo António no concelho do Sabugal. Os crimes ocorreram «de forma continuada».

Agricultor - Capeia Arraiana

Escravidão humana no século XXI no concelho do Sabugal. Judiciária dixit…

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de três homens, com idades entre 26 e 54 anos, por suspeita de crimes de tráfico de pessoas, sequestro e escravidão, registados em Aldeia de Santo António, no concelho do Sabugal e em Espanha.
O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere em comunicado divulgado que os suspeitos estão «fortemente indiciados» da autoria dos referidos crimes de que terão sido vítimas duas pessoas.
Segundo a PJ, os crimes ocorreram «de forma continuada», no concelho do Sabugal, no distrito da Guarda, e também «em várias localidades do reino de Espanha». As vítimas «foram acolhidas, mantidas e retidas contra a sua vontade e exploradas em trabalhos agrícolas, sem que alguma vez lhe tivesse sido paga qualquer remuneração». «Para além da exploração laboral permanente das vítimas já conhecidas, pelo menos durante os últimos dois a três anos, as mesmas eram também alvo de maus-tratos e agressões físicas por parte dos ora detidos, dois deles familiares diretos entre si», lê-se na nota. Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação, informou ainda a PJ.

:: ::
E quando as coisas já não estão boas ainda conseguem ficar piores… Sabugal da Agricultura no seu melhor. Às tantas também tinham «ajuda à produção». Ele há coisas… E já agora o que pensam (será que têm alguma coisa a dizer) os responsáveis políticos, os candidatos, e os candidatos a candidatos?
jcl (com agência Lusa)

2 Responses to PJ deteve três homens por escravidão no Sabugal

  1. António Emídio diz:

    A ortodoxia política e religiosa do Estado Novo escravizou os trabalhadores rurais deste Concelho, a falta de ética e de HUMANISMO da moderna política em vigor escraviza os trabalhadores rurais deste Concelho. Andamos em círculo, isto não muda, nem mudará, é o eterno regresso do mesmo. Esta notícia representa um pequena ponta de um grande Iceberg…

    António Emídio

  2. LUIZ CARLOS PEREIRA DE PAULA diz:

    Isto é unicamente pura ganância e desprezo absoluto pela Vida Humana. Não há política que justifique actos como estes. Pior que isto só o que se passou com o holocauto pois este ltrapassou, pelo assassínio os factos narrados, a serem verdadeiros. O meu repúdio!!!

Deixar uma resposta