Darius Milhaud

A Música dos Clássicos - Capeia Arraiana

Darius Milhaud (1892 – 1974) foi um compositor francês com muita importância musical no século XX. O seu estilo, linguagem musical, assenta sobretudo no sistema tonal, mas assimilando algumas das inovações que despontavam no princípio do século.

Darius Milhaud

Darius Milhaud

É neste sentido que muitos musicólogos o confirmam como um compositor neoclássico. A sua música engloba influências académicas marcantes (estudou no Conservatório de Paris com excelentes professores de composição e logo aí percebeu que a sua carreira musical estaria mais ligada à composição), assimilando, concretamente, o politonalismo (duas, ou mais tonalidades ao mesmo tempo) como uma técnica a desenvolver. Outra influência marcante, fora de contexto formal, foi a música brasileira (viveu durante dois anos no Brasil) e o jazz (deslocou-se a Nova York para ali estudar as suas raízes). Foi no continuidade natural destas influências que surgiriam algumas das suas obras mais importantes, como por exemplo Saudades do Brasil em que se reconhece o melodismo e ritmos brasileiros (pode-se ouvir uma interpretação pelo próprio autor aqui), e o bailado La Création du Monde onde de salienta as síncopas do ragtime e as terceiras do blues (aqui).
A sua obra abarca um leque muito lato de géneros musicais, tais como Óperas, Ballet, Orquestral, Concertos para solista, entre outras, onde podemos destacar: Le Boeuf sur le Toit, La Creation, Suite Provençale. Uma outra obra com sentido marcadamente brasileiro é Scaramouche. Composta para dois pianos, foi posteriormente orquestrada, bem como uma versão para Piano e Saxofone, sendo esta última muito conhecida pelos alunos finalistas do curso secundário deste instrumento.
Pode-se ouvir partes da obra com uma interpretação dos pianistas Martha Argerich & Evgeny Kissin aqui, e ainda o 3º andamento, Brazileira, em Saxofone e Piano, aqui.
Milhaud ensinou música no Conservatório de Paris e durante a 2ª Guerra Mundial refugiou-se nos Estados Unidos, onde leccionou no Mills College, em Oakland, na Califórnia. Entre seus principais alunos, destacamos Karlheinz Stockhausen, Iannis Xenakis, Philip Glass e Dave Brubeck.
Milhaud faleceu em Genebra, no dia 22 de junho de 1974.
:: ::
«A Música dos Clássicos», por Luís Teles

Deixar uma resposta