Equipa Saraiva em Jerez de la Frontera

Hoje destacamos... - © Capeia Arraiana (orelha)

A equipa formada pelos dois pilotos de Vilar Formoso David e Sérgio Saraiva, correrem no circuito de Jerez de la Frontera, em Espanha, onde arrancaram a primeira posição no campeonato por equipas.

Equipa Saraiva correu em Espanha

Equipa Saraiva correu em Espanha

Jerez de la Frontera foi palco de mais uma prova do Super 7 by Kia. Ao contrário da edição de 2015 que ficou marcada com as fortes chuvadas, este ano os nossos pilotos foram brindados com temperaturas acima dos 30º graus, exigindo muito do seu físico.
No sábado de manhã decorreram duas sessões de treinos livres, que não correram da melhor maneira. Na primeira sessão um problema mecânico com o filtro de óleo, e na segunda sessão com um cabo de acelerador partido, os homens da Garagem 19 acabaram por ter que entrar em ação, mas sem tempo para que os pilotos acabassem por treinar nestas duas sessões: «são coisas que acontecem, e felizmente que aconteceram nos treinos livres, ficámos sem treinar, mas ao menos não influenciou parte da corrida. Esperemos que todo o azar tenha ficado pelos treinos livres», comentava Sérgio.
Na parte da tarde, e já com o carro completamente operacional, a dupla obteve sortes distintas. David conseguiu arrancar um 2º posto, enquanto que Sérgio, andando sozinho em pista, sem a possibilidade de apanhar cones, acabou por ser 5º. Nada de preocupante, dadas as capacidades já conhecidas de recuperação que lhes são conhecidas.
David arrancava assim para a corrida com boas perspetivas. Um excelente arranque, e poucas voltas depois era já líder da corrida, travando um aceso duelo com Eduardo Leitão. Liderando grande parte da corrida, já na parte final, o seu adversário acaba por atacar o piloto de Vilar Formoso, e aproveitando mutuamente o cones de aspiração um do outro, acabam por trocar algumas posições, ficando David com o 2º lugar final. «Foi uma corrida complicada, o Eduardo não cometeu qualquer erro. Quando me adiantei não consegui fugir, dado que com os cones é impossível deixar os outros carros para trás. Tanto poderia ter ganho eu como ele, e desta vez não me calhou a mim. Somamos importantes pontos para a recuperação do título», conta David.
Para a segunda corrida, Sérgio fez um excelente arranque, e pouco tempo depois já se encontrava na 2ª posição. Juntamente com Hugo Araújo, os dois fugiram do pelotão e protagonizaram uma excelente disputa em corrida. Sempre separados por décimas de segundo, apenas nas últimas 3 voltas o seu direto adversário fugiu, e aí Sérgio decide passar a controlar a corrida, «mantive uma grande luta com o Hugo, sempre no cone dele, mas a verdade é que nem com cone o consegui passar. Já quase no final perdi algum tempo numa curva, e percebi que já não conseguia fazer melhor, e aí decidi poupar o carro, e manter uma toada mais calma sem me sujeitar a erros, porque com este resultado saímos daqui em 1º lugar de equipas», confidenciava Sérgio.
A equipa sai assim de Jerez de la Frontera, na primeira posição do campeonato por equipas, tal como se tinha proposto no início desta etapa espanhola. A próxima prova será em Portimão, no último fim de semana de Outubro.
plb (com Team Saraiva)

Deixar uma resposta