Uma obra com misericórdia

Romeu Bispo - Casa do Castelo - © Capeia Arraiana

A exposição da Santa Casa da Misericórdia do Sabugal foi inaugurada do Domingo, dia 5 de Junho, pelas 15 horas. Estiveram presentes o Provedor da Misericórdia, o Presidente do Município, membros dos corpos gerentes da Misericórdia, alguns utentes do Lar, alguns irmãos e outras pessoas interessadas.

A exposição pode ser visitada até 25 de Setembro

A exposição pode ser visitada até 25 de Setembro

A sessão de inauguração foi iniciada com o Provedor, António Dionísio a agradecer a presença de quem estava e em particular do Presidente do Município, cuja entidade se associou e colaborou desde início nos eventos que a Misericórdia tem apresentado. Explicou o sentido e a finalidade da exposição. É uma visita possível ao passado que dá sentido ao presente e ajuda a projetar o futuro, na medida em que os princípios e os valores de outrora continuam atuais. A exposição foca cinco temas principais: a História, o Religioso, o Hospital, os Cortejos de Oferendas e foi deixado para o fim o tema do Presente e Futuro.
O senhor Presidente do Município, António Robalo, referiu a parceria entre as entidades intervenientes e a vontade do município valorizar esta iniciativa, deixando que a exposição possa ser visitada até 25 de Setembro, no período do Verão, quando os emigrantes e outros naturais do Concelho nos visitam.
A sessão terminou com a visita guiada à exposição pelo Dr. César Cruz que está a colaborar com a Santa Casa da Misericórdia.

Momento da inauguração da exposição

Momento da inauguração da exposição

Aconselho uma visita com leitura atenta dos painéis explicativos que enquadram todo o cenário envolvente e dessa forma serão surpreendidos com detalhes desconhecidos ou que já estavam esquecidos na memória dos mais velhos.
A Santa Casa da Misericórdia do Sabugal faz parte da história do Concelho e da localidade do Sabugal em particular. Há fatos que não imaginamos e que só uma investigação com alguma profundidade permite dar a conhecer. Não temos documentação anterior a 1840, devido possivelmente às Invasões Francesas que passaram uma esponja na história local, mas encontramos referências ao Sabugal e suas instituições em documentos e arquivos afastados que é urgente estudar. Da investigação do Dr. César Cruz podemos concluir que a igreja da Misericórdia, outrora de S. Miguel, é um dos monumentos mais antigos da região. O aspeto da igreja era o de uma típica igreja românica, sem grandes portas e janelas, porque as obras que lhe deram o aspeto atual estão documentadas nas atas da Misericórdia de finais do século XIX.
Visite a exposição e surpreenda-se porque, pensamos nós, motivos não faltam.
Romeu Bispo
(Vice-Provedor da Santa Casa da Misericórdia do Sabugal)

Deixar uma resposta