O Lar do Casteleiro comemora Dia do Idoso

Joaquim Gouveia - Capeia Arraiana (orelha)

:: :: CASTELEIRO :: :: O «Grupo das Adufeiras do Paul», concelho da Covilhã, marcou presença no passado dia 11 de outubro no Lar e Centro de Dia do Casteleiro.

As Adufeiras do Paul no Lar do Casteleiro

As Adufeiras do Paul no Lar do Casteleiro

Com a alegria que as caracteriza e a mestria no manejar do adufe, as “Adufeiras do Paul” rapidamente interagiram com todos os utentes: a música, o ritmo marcado pelo tão popular instrumento musical da nossa Beira, fizeram vibrar vozes adormecidas e arrancaram movimentos de pernas e braços demasiado parados pelo tempo e pela doença.
Quantos anos foram lembrados, quantas festas e bailaricos vieram à memória e à conversa de homens e mulheres, para quem o lazer de outros tempos era subtraído, à socapa dos mais velhos, das tarefas duras que o dia-a-dia lhes oferecia.
«Eu também fui pastora!», dizia a ti Antónia; «Esta moda tamén eu sei!», dizia a ti Maria; «Ai no meu tempo, aquilo é que era divertido… havia noites que nem íamos à cama, mas logo cedo era preciso ir atrás do gado sim, que ele precisava de comer e o meu pai não era de cócegas, muito menos de brincadeiras!…» Estas palavras brotaram, de uma forma espontânea, da boca do ti Jaquim, homem de poucas palavras mas muito saber.
À margem desta conversa estava a ti Luísa que não parava de bater o pé e movimentar as ancas, de uma forma ritmada, fazendo coro com as alegres cantadeiras. Difícil era manter-se quieta, apesar da idade! Do rosto explodia uma alegria contagiante que, rapidamente arrancou ao grupo das cantadeiras um elegante par de dança! Aí a satisfação aumentou; os pés tornaram-se leves e o corpo elegantemente balanceado.
O «Grupo das Adufeiras» acabara de ganhar um novo elemento! A ti Luísa, de adufe em punho, tocava e cantava como se o reportório tivesse sido ensaiado de véspera.
Foi neste misto de emoção e alegria que este Grupo, de gente boa, se despediu sem que antes deixasse a promessa de voltar a cantar para todos nós.
A todos os elementos do «Grupo das Adufeiras do Paul», o nosso BEM HAJAM!
:: ::
«Viver Casteleiro», opinião de Joaquim Luís Gouveia

Deixar uma resposta