GNR faz detenções em Seia e Gouveia

GNR - © Capeia Arraiana (orelha)

A Guarda Nacional Republicana deteve em Seia e em Gouveia, distrito da Guarda, oito indivíduos e identificou outros seis, pela presumível autoria da prática dos crimes de tráfico de substâncias estupefacientes e posse de moeda falsa.

As detenções foram materializadas na sequência da realização de oito buscas domiciliárias (sete em Seia e uma em Gouveia) no âmbito de uma investigação que visa o combate ao tráfico de cocaína e heroína naqueles concelhos.
Nas diligências probatórias desenvolvidas, para além da detenção dos suspeitos, foram apreendidas cento e cinquenta doses de heroína, cocaína e haxixe, munições, 25 telemóveis, dois tablets, dois computadores portáteis, uma viatura ligeira, moeda falsa (duas notas de 500 euros) e ainda 1.500 euros em numerário.
Quatro dos detidos, com idades compreendidas entre os 22 e os 53 anos, tinham antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime e por crimes contra as pessoas.
Foram empenhados na operação 35 militares das várias especialidades: Investigação Criminal, Secção cinotécnica, Força de Intervenção Rápida e Serviço Territorial.

Operação Conjunta GNR / Guardia Civil
No dia 7 de Fevereiro a GNR realizou em território nacional uma operação conjunta com a Guardia Civil de Espanha, na qual foram detidos seis homens pelos crimes de furto e tráfico de estupefacientes, sendo ainda identificado um outro por transporte de mercadoria contrafeita.
Cinco dos detidos, residentes na zona da Amadora, circulavam numa viatura que no interior continha um elevada quantidade de mercadoria, a maior parte ainda com os alarmes das lojas. Diligências feitas à posteriori apurou tratar-se de mercadoria furtada na cidade de Castelo Branco. Os detidos possuem antecedentes criminais de vária ordem.
Outro dos detidos foi interceptado, quando transportava na viatura em que circulava, 100 doses de haxixe.
Ainda durante a Operação foi identificado um cidadão estrangeiro, que estava na posse de 550 peças de vestuário alegadamente contrafeito.
Os detidos foram presentes ao Tribunal de Almeida para aplicação de medidas de coacção.

Patrulhamento durante os festejos de Carnaval
A Guarda Nacional Republicana e a Guardia Civil de Espanha celebraram um Acordo que tem como objectivo primordial o aprofundamento dos mecanismos de cooperação entre as entidades que, nos dois países, estão incumbidas de missões policiais e aduaneiras, inicialmente nas zonas fronteiriças, mas posteriormente alargado a todo Território Nacional.
Desde há longos anos que o Comando Territorial da Guarda vem mantendo grande proximidade com a Comandancia da Guardia Civil de Salamanca desenvolvendo acções, não só no âmbito do Controlos Móveis mas também ao nível da troca de Informações, realização de Seminário, Jornadas de Formação e diverso tipos de patrulhamento.
O Comando Territorial da Guarda vai empenhar nos dias, 14 e 15 de Fevereiro efectivos da GNR na realização de um Patrulhamento Conjunto com a Guardia Civil de Ciudad Rodrigo, assente numa visibilidade, que garanta um maior sentimento de tranquilidade aos muitos cidadãos nacionais que se deslocam aquela cidade Espanhola.
plb

Deixar uma resposta