Promoção em Madrid do destino Centro de Portugal

Turismo Centro Portugal - Capeia Arraiana

O Turismo Centro de Portugal marcou presença na 35.ª edição da FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid que decorreu entre os dias 28 de Janeiro e o dia 1 de Fevereiro. O certame serviu para apresentar novas brochuras dos territórios do Centro de Portugal e reforçar o posicionamento no mercado espanhol.

Pedro Machado e Rui Moreira, presidentes das agências regionais de promoção externa dos destinos «Centro de Portugal» e «Porto e Norte de Portugal» - Capeia Arraiana

Pedro Machado e Rui Moreira, presidentes das agências regionais de promoção externa
dos destinos «Centro de Portugal» e «Porto e Norte de Portugal»

A participação na Feira Internacional de Turismo de Madrid considerada como um dos mais importantes certames profissionais realizados na Europa neste sector de actividade, enquadra-se no modelo promocional de continuidade desenvolvido para o mercado espanhol. Assim, dando sequência à estratégia de venda/comercialização do destino e internacionalização das empresas, a Turismo Centro de Portugal apresentou na FITUR dois novos suportes comunicacionais – a brochura «Centro de Portugal» assente na promoção de experiências e produtos, e o guia «Best of 2015» – agregador da oferta turística regional nos diferentes sub-sectores de actividade (alojamento, animação, restauração, entre outros).
A presença na FITUR 2015 foi uma oportunidade para reforçar o posicionamento da região Centro junto do principal mercado externo emissor, o mercado espanhol.
Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, reiterou a importância de agir no mercado, principalmente após o Instituto Nacional de Estatística ter divulgado o decréscimo de turistas espanhóis em Portugal no ano 2014 (cerca de nove por cento). Neste contexto, Pedro Machado teve oportunidade de transmitir ao Ministro da Economia, António Pires de Lima, e ao Secretário de Estado do Turismo – Adolfo Mesquita Nunes, a sua preocupação pela perda do mercado espanhol, assim como, o optimismo moderado pelos dados que apontam o ano 2014 como o melhor ano turístico de sempre. Estes números não espelham totalmente a realidade vivida pelos empresários do Centro de Portugal, uma vez que existem empresas que não reflectem o aumento da procura.
jcl (com Turismo Centro de Portugal)

Deixar uma resposta