Nossa Senhora de África

Manuel Leal Freire - © Capeia Arraiana

Manuel Leal Freire brinda-nos com uma sequência de sonetos alusivos às mil e uma invocações de Nossa Senhora. Em cada semana, ao domingo, a poesia do bismulense de pena firme e de memória prodigiosa deslumbra-nos com a exortação aos nossos inúmeros santuários marianos.

O culto a Nossa Senhora em África

O culto a Nossa Senhora em África

NOSSA SENHORA DE ÁFRICA

O culto mariano, além do Estreito
De Gibraltar e até aos mares sem fim
De tal modo insuflou o nosso peito
Que toda a África virou capela, enfim

Até nos savanais entre o capim
Padrões ao alto em cristão preceito
Memórias são, evocando assim
O marianismo em seu tom perfeito

Fé santa, mundo além disseminada
Por nossa mão tão longe implementada
Avé-mater nostra gratia plena

Santa Maria, vale, em toda a parte
Orate fratres, que é comparte
Nossa Senhora de África – açucena

:: ::
«Poetando», Manuel Leal Freire

Deixar uma resposta