Moção da CDU do Sabugal contra fecho da escola

Câmara Municipal Sabugal - © Capeia Arraiana

O grupo da CDU na Assembleia Municipal do Sabugal apresentou na Assembleia Municipal uma moção contra o encerramento da Escola Básica de Santo Estêvão. O documento que reproduzimos na íntegra foi aprovado por unanimidade pelos deputados municipais.

Assembleia Municipal do Sabugal - Capeia Arraiana

Assembleia Municipal do Sabugal – Capeia Arraiana

Moção da CDU
O processo de encerramento das escolas do 1.º Ciclo, por todo o país, já vem de longe. São os seguintes os resultados de sucessivos Ministros da Educação que nunca têm em conta os interesses dos alunos e das populações, embora afirmem o contrário:
David Justino – 472 escolas encerradas
Maria de Lurdes Rodrigues – 2500 escolas encerradas
Isabel Alçada – 711 escolas encerradas
Nuno Crato – 500 + 311 escolas encerradas
No próximo ano letivo, no concelho do Sabugal, mais uma Escola do 1.º Ciclo vai deixar de estar aberta, a Escola do 1.º Ciclo de Santo Estevão. Esta Escola é a que tem dado resposta às crianças de uma parte bastante significativa da zona sul do concelho (Malcata, Santo Estevão, Casteleiro, Terreiro das Bruxas, Moita e até Vale da Sra. da Póvoa).
O Ministério da Educação, com este encerramento, não toma em consideração os reais prejuízos que provoca nos alunos (que têm que se levantar cedo e chegar a casa tardíssimo), nem nos encarregados de educação (que têm que reorganizar as suas vidas, em função da nova situação criada). Tudo se resume a critérios meramente economicistas.
Deve, ainda, ter-se em consideração que Escola do 1.º Ciclo de Santo Estevão tem as condições ideais para acolher os alunos, não se vislumbrando que a Escola para onde os alunos vão ser transferidos, tenha melhores condições.
O Ministério da Educação não entrou em concertação nenhuma com a Câmara Municipal, nem com os representantes dos alunos e representantes das Juntas de Freguesia das localidades onde os alunos estudavam. Foi um processo de imposição, o qual é inadmissível em democracia.
Por tudo o que foi supra exposto, a Assembleia Municipal do Sabugal, reunida em Sessão Ordinária, no dia 30 de Junho de 2014, delibera:
– Manifestar o seu repúdio pela retirada de mais um serviço público ao concelho
– Manifestar apoio às populações, pais, alunos e membros das Juntas de Freguesia que se manifestaram contra este encerramento
– Instar o Ministério da Educação a entrar num verdadeiro diálogo com os interessados, nomeadamente os autarcas e os pais dos alunos, de modo a que os critérios de encerramento das escolas tenham em conta os interesses das populações, e não sejam, meramente, economicistas
Sabugal, 30 de junho de 2014
O grupo da CDU na Assembleia Municipal do Sabugal:
João Carlos Taborda Manata
João Manuel Aristides Duarte
:: ::
Aqui fica a correcção à minha observação sobre a ausência de tomada de posição dos deputados municipais do Sabugal sobre o encerramento da escola de Santo Estêvão. Foi apresentada uma moção pelo grupo da CDU na Assembleia Municipal do Sabugal. O seu a seu dono.
:: ::
jcl

Deixar uma resposta