Deputada do Sabugal na Assembleia da República

Brasão Freguesia Santo Estêvão - Sabugal - Capeia Arraiana (orelha)

Hermínia Azenha, natural da freguesia de Santo Estêvão, concelho do Sabugal, tomou posse na passada sexta-feira, 25 de Outubro, como deputada da Assembleia da República pela lista do círculo de Lisboa do Partido Social Democrata.

Hermínia Azenha - Santo Estêvão - Sabugal - Capeia Arraiana

Hermínia Azenha – Santo Estêvão – Sabugal

Em Portugal após as eleições legislativas o partido mais votado é convidado pelo Presidente da República a formar Governo. Na actual XII Legislatura em resultado da coligação PPD-PSD com o CDS-PP para governar o País houve deputados que passaram para ministros ou secretários de Estado libertando lugares que foram ocupados pelos candidatos que «vinham a seguir» nas respectivas listas eleitoriais.
Após as últimas eleições autárquicas houve, igualmente, deputados que optaram por assumir os seus cargos nas autarquias como foi, por exemplo, o caso da deputada do PSD, Ana Sofia Bettencourt, eleita para a Câmara Municipal de Cascais. Estas «danças de cadeiras» levam a que os candidatos posicionados nos lugares seguintes nas listas para as eleições legislativas assumam as vagas nas bancadas parlamentares.
Na bancada social-democrata uma das «vagas» foi ocupada, desde o passado dia 25 de Outubro, pela candidata Hermínia Azenha do círculo eleitoral de Lisboa.
Hermínia Maria da Fonseca Bexiga Azenha reside desde os 12 anos em Famões, Odivelas, e é natural da freguesia de Santo Estêvão, concelho do Sabugal. A mãe é natural de Santo Estêvão e o pai do Sabugal.
Na sua página facebokiana Hermínia Azenha comentou assim o momento: «No passado dia 17 de Outubro finalizei o meu mandato como autarca eleita em Famões, Concelho de Odivelas. Foi com enorme sentido de responsabilidade que exerci o mandato como eleita do PSD. Foi, também, com um grande sentido de responsabilidade que no dia 25 de Outubro de 2013 tomei posse como Deputada eleita pelo PSD na Assembleia da República. Odivelas estará também representada na Assembleia da República. O meu bem-hajam a todos pela confiança.»
Assim, o concelho do Sabugal voltou a ter um deputado na Assembleia da República, ou melhor, passou a ter a primeira deputada sabugalense da história da República Portuguesa.

Parabéns e votos de bons trabalhos!
jcl

5 Responses to Deputada do Sabugal na Assembleia da República

  1. João Duarte diz:

    E isso contribui o quê para o bem do concelho do Sabugal e dos seus habitantes? Se amanhã for proposta uma lei para o fecho do SAP do Sabugal, esta deputada vota contra? Isso é que me interessa. Daria os parabéns a um deputado ou deputada que defendesse os interesses das populações do Interior, mas não estou a ver os do PSD a fazê-lo. Assim, da minha parte não leva parabéns nenhuns. Para nos lixar já chegam os que lá estão, incluindo os eleitos pela Guarda.

  2. João Luis diz:

    Em França, os deputados eleitos por um círculo têm obrigação de assumir uma permanência (semanal) nesse território, onde dispõem de um gabinete (e por vezes de um/a auxiliar) para receber os eleitores, autarcas, empresários, etc. Não é raro que na Assemblée Nationale deputados de diferentes partidos se juntem numa só voz para defender uma causa local. É o que nos tem faltado ?

  3. João Duarte diz:

    Pelo que percebi, o sr. Toze (simplesmente Tozé?) está muito contente com a deputada, eleito pelo círculo eleitoral de Lisboa, só que natural do concelho do Sabugal. Explique lá o que isso contribui para o bem concelho de Sabugal. Se conseguir explicar, até pode ser que eu lhe dê razão.
    Já para o sr. João Luis, eu digo que o que nos tem faltado são deputados que não sejam do PS e PSD. Isso sim, que seria bem melhor.

Deixar uma resposta