D.João de Oliveira Matos declarado «Venerável»

Religião - © Capeia Arraiana (orelha)

O Vaticano publicou ontem, dia 4 de Junho, o decreto que reconhece as «virtudes heróicas» de. D. João de Oliveira Matos, falecido há cinquenta anos, bispo auxiliar da Guarda e fundador da Liga dos Servos de Jesus.

No Concelho do Sabugal a Liga tem duas casas: a da Ruvina e a da Cerdeira. Foi na Ruvina que o D. João fez o retiro de um mês de silêncio e oração, durante o qual escreveu as primeiras constituições da Liga.
em-oraçãoEste importante passo na causa da beatificação de Dom João vem reconhecer que a sua vida e obra é digna de imitação pelos cristãos. Sendo uma etapa anterior à da beatificação, é contudo um passo muito significativo porque enquanto «Venerável» já pode ser apresentado como exemplo de vida e de santidade.
O decreto do Papa Francisco que reconhece as «virtudes heróicas» de D. João de Oliveira Matos (1879-1962), mereceu o comentário de D. António Monteiro Ramos, actualmente bispo auxiliar de Braga e vice-postulador da causa da canonização, que disse à Agência Ecclesia que este momento é «uma graça muito grande», reconhecendo em D. João alguém que se comprometeu em particular na «formação dos leigos». «A figura deste homem é a de um verdadeiro pastor», sublinha.
O processo do bispo português, fundador da Liga dos Servos de Jesus, consta de 23 volumes e foi entregue em Roma, no dia 19 de maio de 1998.
Para a beatificação é agora necessário que a Santa Sé comprove a existência de um milagre atribuído à intercessão de D. João de Oliveira Matos, num processo que também se encontra no Vaticano.
plb

3 Responses to D.João de Oliveira Matos declarado «Venerável»

  1. mag diz:

    D. João de Oliveira Matos deixou á Diocese da Guarda um exemplo de vida e santidade. Este passo «Venerável» é muito importante para a vida da Igreja,da Diocese e da Liga dos Servos de Jesus. Peçamos a Deus por interceção do Sr. D. João que se aprece o dia da sua beatificação

  2. Teresa Faria Teixeira C. Castro diz:

    Como beirã, cerdeirense e ex-aluna do Colégio da Cerdeira, também me congratulei com a distinção atribuida a Dom João de Oliveira Matos. E dediquei-lhe um poste do meu bloguezinho exactamente no dia 5 de Junho, dia, também, do aniversário do meu Pai. Eram grandes amigos…

  3. Antônio Vasco Saraiva da silva diz:

    Um Santo com um coração do tamanho do mundo

Deixar uma resposta