Vila Franca de Xira divulga Capeia Arraiana

Casa do Concelho do Sabugal em Lisboa - © Capeia Arraiana (orelha)

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira emitiu um comunicado de imprensa, que transcrevemos, dando conta da realização na Praça de Touros Palha Blanco da 35ª Capeia Arraiana organizada pela Casa do Concelho do Sabugal.

Cartaz Capeia Arraiana - Casa Concelho Sabugal - Vila Franca Xira - Capeia Arraiana

Cartaz da XXXV Capeia Arraiana da Casa do Concelho do Sabugal em Vila Franca Xira


«Afición do Sabugal em Vila F. Xira na 35.ª Capeia Arraiana com forcão
No próximo sábado, dia 1 de junho, realiza-se pela segunda vez em Vila Franca de Xira a Capeia Arraiana, organizada pela Casa do Concelho do Sabugal (com sede em Lisboa). Esta é a 35.ª edição e conta com o apoio da Câmara Mun. de Vila F. Xira.
A Capeia reflete a afición pelos touros das terras do Concelho do Sabugal (localizado na zona Beirã, junto à fronteira com Espanha) e está registada no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, sendo a primeira tradição reconhecida como tal no País. Este registo teve em conta o seu valor enquanto manifestação popular, cultural e única no mundo, exclusiva do Concelho do Sabugal.
O programa da iniciativa tem início pelas 15h30, no largo da Câmara (Praça Afonso de Albuquerque), com um desfile até à Praça de Touros “Palha Blanco”, onde, pelas 16h00, têm início as festividades.
Na arena vão apresentar-se 5 touros e 1 bezerra para os mais jovens, das ganadarias de Ortigão Costa, Canas Vigouroux e Buendia. Está ainda revista a atuação da Escola de Toureio José Falcão.

A Capeia
Ao longo dos tempos, as festas anuais de cada Aldeia da Raia terminam com o ponto alto, que é a Capeia Arraiana realizada no largo principal, transformado em Praça de Touros, culminando, deste modo, o encerramento das festas do Santo patrono ou protector de cada povoação. A Capeia é uma manifestação de um ritual viril da juventude arraiana, onde a destreza, seja ao Forcão, seja na lide do touro, origina serpenteados elegantes, desenhados no meio da praça, transformada em arena improvisada para este fim.

O Forcão
O Forcão é um instrumento triangular feito em carvalho, tipicamente da região arraiana do Concelho de Sabugal, que é utilizado em todas as Aldeias.
“Os Rapazes dispõem-se lateralmente ao Forcão, com os mais destemidos na frente, aguentando as investidas do touro às duas galhas frontais. No vértice traseiro situa-se o “Rabicho”, onde os rapazes mais altos, denominados Rabichadores ou Rabicheiros, comandam o Forcão, contribuindo, decididamente, na luta contra o touro, não permitindo a sua passagem para os lados, onde mora o perigo de alguma colhida.
O Forcão serve essencialmente para “esperar” o touro, mostrando a valentia dos rapazes, desenhando-se belos movimentos na Praça, numa luta constante, consistindo num medir de forças entre a destreza do manuseamento do Forcão, tendo do outro lado, um animal, em pontas ou embolado, com o perigo que representa, ostentando, bastas vezes, corpulência de meter respeito.” –– explica um texto da Casa do Concelho do Sabugal.
Câmara Municipal Vila Franca de Xira – Gabinete de Imprensa»
plb

Deixar uma resposta