O concelho do Sabugal em 1942 (15)

Anuáriio Comercial Portugal - 1942 © Capeia Arraiana

Continuando a fazer a caracterização do concelho do Sabugal no ano de 1942, com base na 62.ª edição do Anuário Comercial de Portugal, vamos agora expor quem eram os agricultores, os proprietários, negociantes e profissionais de três freguesias do concelho: RUVINA, SANTO ESTÊVÃO e SEIXO DO CÔA.

RUVINA
Esta freguesia situa-se a 11 quilómetros da sede do concelho e a 14 da estação de caminho-de-ferro da Cerdeira. Tinha uma população de 308 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: Albertino da Cruz Cardoso.
Juiz de Paz: Luiz Pedro Monteiro Limão, que tinha por escrivão Albertino da Cruz Cardoso.
Pároco: José Luiz Antunes.
Regedor: Joaquim Sanches.
Posto do Registo Civil: Joaquim Sanches (ajudante).
Encarregado do Correio: Cândida Deniz da Fonseca.
Professoras (2): Beatriz Marques de Almeida e Maria C. C. Quintalo.
Lavrador: Pedro Monteiro Limão.

SANTO ESTÊVÃO
Esta freguesia situa-se a 10 quilómetros da sede do concelho e a 12 da estação de caminho-de-ferro de Belmonte. Tinha uma população de 1.067 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: Joaquim M. Paiva.
Juiz de Paz: Francisco Gonçalves, que tinha por escrivão José Luiz da Silva Ferreira.
Pároco: José Pereira.
Regedor: José Leitão.
Posto do Registo Civil: José Martins Salzedas.
Albardeiros (4): Antonina Cachata, João Alexandre Ferreira, José Alexandre Ferreira e Luiz Gonçalves Barroso.
Alfaiates (2): António Costa e Joaquim Alexandre Ferreira.
Barbeiro: José Martins Sarzedas.
Encarregado do Correio: José Maria Rodrigues.
Professores (2): Alice Borges da Costa e Joaquim Manuel Martins Nabais.
Lagares de Azeite (4): António Joaquim Antunes, Júlio Lourenço, Luiz Martins da Hermínia e Manuel da Cunha Teles de Vasconcelos.
Lavradores (4): António Joaquim Antunes, Joaquim Lourenço Leitão Júnior, José Pereira da Silva e Manuel da Cunha Teles de Vasconcelos.
Negociantes de Fazendas (4): Francisco Rocha, Joaquim Augusto Martins da Hermínia, José Martins Paiva e Luiz Duarte.

SEIXO DO CÔA
Esta freguesia situa-se a 17 quilómetros da sede do concelho e a 5 da estação de caminho-de-ferro da Cerdeira. Tinha uma população de 728 habitantes.
Serviços institucionais, actividades económicas e profissionais:
Presidente da Junta de Freguesia: Manuel B. Miguel.
Juiz de Paz: Augusto Pereira de Figueiredo.
Pároco: Artur Ribeiro.
Regedor: Manuel Pires.
Posto do Registo Civil: Manuel Brigas Miguel (ajudante).
Alfaiates (2): António Paulos e Manuel Brigas.
Barbeiros (2): José Luiz Barreiros e Manuel de Deus Mendes.
Encarregado do Correio: Manuel Brigas Miguel.
Ferreiros (2): Albino Marques e Manuel Gomes.
Lavradores (2): José Fonseca e José Lourenço.
Mercearias (4): Francisco Rodrigues Fernandes, Joaquim Fernandes Monteiro, Joaquim Manuel Antunes e Manuel Augusto Pires.
Professora: Maria J. Antunes.

No próximo artigo falaremos da vida económica que existia em 1942 na freguesia do Soito.
Paulo Leitão Batista

2 Responses to O concelho do Sabugal em 1942 (15)

  1. FABIO ALEXANDRE ROCHA MARQUES diz:

    Caro Sr. Leitão Batista,

    Poderia me informar onde posso baixar o Anuário Comercial de Portugal de 1942 completo.

    Meu bisavô foi Albino Marques, o ferreiro do Seixo do Coa, dessa forma busco mais informaçöes sobre ele.

    Obrigado,

    Fabio.

    • leitaobatista diz:

      Caro Sr Fábio Marques
      Não sei se o Anuário está on-line…
      Os excertos que transcrevi foram a partir de um exemplar que me foi emprestado e que, entretanto, devolvi.

Deixar uma resposta