Guarda volta a julgar o Galo do Entrudo

A cidade da Guarda apresenta no dia 11 de Fevereiro uma nova edição do espectáculo «Julgamento e Morte do Galo do Entrudo», que se iniciará pelas 21h30 no Jardim José de Lemos e dali seguirá para a Praça Luís de Camões, no centro histórico da cidade.

A morte do Galo Malfeitor (em 2010)

A morte do Galo Malfeitor (em 2010)


Com a comemoração carnavalesca que recria a antiga tradição, a Guarda oferece um espectáculo cem por cento português, com o qual espera atrair milhares de pessoas, à semelhança do que vem sucedendo nas edições anteriores.
Trata-se de um espectáculo onde desfilam em cortejo centenas de participantes oriundos das colectividades do concelho e também actores, músicos e animadores profissionais.
O galo representa a crise, a corrupção e todos os males que nos afligem, razão que o conduz ao julgamento público, sendo certa condenação a morrer queimado num ritual expiatório.
A concepção e coordenação geral está a cargo de Américo Rodrigues o texto é da autoria de Hélder Sequeira.
No elenco de actores estão, entre outros, Daniel Rocha, Valdemar Santos, Ivo Bastos, Antónia Terrinha, José Neves e Filipa Teixeira.
Quanto às colectividades participantes, destacam-se a Banda às Riscas (Porto), a Companhia Marimbondo (Lousã), Aquilo Teatro, Associação Cultural Copituna D’Oppidana, Associação Cultural e Desportiva do Jarmelo, Associação Cultural e Recreativa da Sequeira, Associação Desportiva, Recreativa e Cultural da Rapoula, Centro Cultural da Guarda, Gambozinos e Peobardos – Grupo de Teatro da Vela, Grupo “Ontem, Hoje e Amanhã” de Maçainhas, Grupo de Cantares da Arrifana, Grupo de Cantares S. Miguel da Guarda – A Mensagem, Grupo de Concertinas Estrelas da Serra, Raiz de Trinta – Associação Juvenil, Rancho Folclórico de Videmonte, Serrabecos – Grupo de Valhelhas, União de Jovens Arrifanenses.
No final do Julgamento haverá canja de galo, cozinhada com pedaços do «malfeitor», que será distribuída gratuitamente na Praça Velha.
Paralelamente, terá lugar um concurso de fotografia, subordinado ao tema: «Julgamento e Morte do Galo do Entrudo 2013», promovida pela organização do evento (Culturguarda e a Câmara Municipal da Guarda), com a colaboração do Fotoclube da Guarda. As fotografias serão submetidas numa página do Facebook, podendo cada concorrente submeter até um máximo de cinco, até ao domingo a seguir à realização do desfile. Serão depois analisadas por um júri constituído por representantes do Teatro Municipal da Guarda, Câmara Municipal da Guarda e do Fotoclube da Guarda.
plb

Deixar uma resposta