Concurso das melhores receitas com urtiga

A Confraria da Urtiga, em parceria com a Câmara Municipal de Fornos de Algodres, organiza o Concurso «As melhores receitas à base de urtiga» inserido nas VI Jornadas de Etnobotânica de Fornos de Algodres que decorrem de 13 a 15 de Maio.

Confraria Urtiga - Fornos Algodres«Em homenagem à planta das mil virtudes» como o Grão Mestre da Confraria da Urtiga, Manuel Paraíso, classifica aquela espécie herbácea que nasce espontânea nos campos e que entrou de novo no vocabulário das gentes de Fornos de Algodres (e não só) que dela fazem já uma referência.
Conhecida por vezes como «erva menor» por criar comichões quando tocada, a Urtiga (cientificamente conhecida por Urtica Dióica) tem imensas aplicações e, tradicionalmente, aquela que era mais vulgar, a utilização na parte alimentar, sobretudo em épocas de maior fome, em que se recorria à Urtiga para suplantar eventuais carências alimentares e falhas da produção agrícola.
Mas tem também aplicações farmacêuticas, fitossanitárias, no ramo da tinturaria, do fabrico do têxtil, utilizada para fins medicinais, entre outras.

Regulamento do Concurso
1 – Organização – O Concurso gastronómico subordinado ao tema «As melhores receitas à base de Urtiga» é organizado pela Confraria da Urtiga e está integrado nas VI Jornadas de Etnobotânica de Fornos de Algodres que decorrem entre os dias 13, 14 e 15 de Maio de 2011.
2 – Objectivo – O concurso tem por objectivo incentivar a comercialização e consumo dos produtos endógenos, em particular, da Urtiga, através da criação de receitas originais que obrigatoriamente, incluam na sua constituição, este produto, honrando sabores e tradições remotas.
3 – Condições de Participação – a) O concurso é aberto a todos os interessados que queiram participar individualmente ou em grupo, apresentando uma ou mais iguarias gastronómicas; b) Os concorrentes deverão apresentar uma criação original, de uma receita de doces, salgados, bebidas ou outros, confeccionada com produtos endógenos, tendo por base a Urtiga; c) As iguarias gastronómicas apresentadas a concurso deverão ainda ter subjacente a eventual possibilidade de uma futura produção em série (ex: «Farinheira da Confraria da Urtiga»), razão pela qual os concorrentes terão de ceder à Confraria da Urtiga os direitos de autor sobre as mesmas; d) As iguarias gastronómicas a concurso deverão ser entregues no dia 16 de Abril de 2010, na sede da Confraria da Urtiga juntamente com a respectiva receita e a ficha de inscrição do concorrente; e) Todos os trabalhos serão expostos no Centro Cultural de Fornos de Algodres (atrás da Câmara) durante os dias 17 e 18 de Abril, integrando a «Mostra de Produtos Confeccionados à base de Urtiga»; f) A inscrição no concurso é inteiramente gratuita.
4 – Critérios de Avaliação – a) Na avaliação dos produtos confeccionados será dado particular ênfase aos seguintes critérios: Originalidade/Criatividade; Paladar; Tipo de ingredientes utilizados (os que mais respeitem a tradição); Apresentação; Possibilidade de produção em série; Outro que o Júri considere relevante.
5 – Júri – a) O júri será constituído por 3 elementos de reconhecida idoneidade; b) O júri reserva o direito de não atribuir prémios, caso as receitas a concurso não cumprirem os critérios definidos no presente regulamento; c) Os casos omissos no presente regulamento serão decididos pelo júri.
6 – Prémios – a) Serão atribuídos prémios aos três primeiros classificados e Diplomas de Participação a todos os concorrentes; b) Os prémios a atribuir serão os seguintes: 1.º – Troféu de cristal e cabaz de produtos endógenos; 2.º – Cabaz de produtos endógenos; 3.º – Publicações do Município de Fornos de Algodres. c) As decisões proferidas pelo Júri não serão susceptí­veis de recurso.
A cerimónia de entrega de prémios realizar-se-á no dia 14 de Maio de 2011, na «Festa do Pão», no Jardim Municipal.

O III Capítulo da Confraria da Urtiga, sedeada em Fornos de Algodres, realiza-se no dia 15 de Maio.
jcl (com Gabinete de Imprensa da C.M. Fornos de Algodres)

Deixar uma resposta