Raia Histórica presente na Alimentaria 2011

Gastronomia - © Capeia Arraiana

A Raia Histórica – Associação de Desenvolvimento do Nordeste da Beira, sedeada em Trancoso, está a apoiar a participação de empresas oriundas da sua área intervenção na «Alimentaria & Horexpo Lisboa – Salão Internacional da Alimentação, Hotelaria e Tecnologia para a Indústria Alimentar» que decorre de 27 a 30 Março 2011 na FIL-Feira Internacional de Lisboa.

Alimentaria 2011 - Raia HistóricaA «Alimentaria Lisboa 2011» é o encontro internacional da indústria alimentícia internacional e, a convite da organização, estarão também presentes os principais importadores de produtores portugueses na Europa – França, Alemanha, Espanha –, bem como os responsáveis de compra dos países da Europa de Leste e de outras partes do mundo, como o Canadá, Estados Unidos da América, Venezuela ou Austrália.
Alimentaria & Horexpo Lisboa é o mais recente lançamento da Alimentaria Exhibitions. Este projecto foi fundado com o objectivo de estabelecer-se como a maior plataforma de negócios em Portugal para os sectores de alimentos, distribuição e restauração.
Organizado conjuntamente pela Alimentaria Exhibitions e Feira Internacional de Lisboa (FIL), a Alimentaria Lisboa – Salão Internacional da Alimentação, é o líder indiscutível no panorama Português comércio justo, e em quarto lugar no ranking do sector na Europa. Por seu lado, Horexpo, Salão Internacional de Hotelaria, Restauração e Vending, já se tornou a referência principal para um dos sectores com maiores perspectivas.
Sales Gomes, coordenador da Raia Histórica explica que esta organização está a «procurar divulgar as microempresas da região que têm capacidade para poderem ir a eventos exteriores e, como tal, foram apoiados o espaço na Feira do Fumeiro, dos Sabores e do Artesanato em Trancoso e também uma outra na Meda, procurando-se levar estas empresas para fora do nosso território para promover os produtos».
«Portanto acaba por ser uma animação económica do território em que nós pagamos o espaço, os stands e pagamos as dormidas. Isto é uma prática que estamos a fazer há um ano com um bom resultado e já há contactos nossos», disse Sales Gomes que recordou também a participação da «Raia Histórica» na SISAB-Salão Internacional do Vinho, Pescado e Agro-alimentar que decorreu de 21 a 23 de Fevereiro em Lisboa. O coordenador frisou que a «Raia Histórica» procura levar as empresas a este tipo de eventos «dando preferência sempre aos beneficiários que recorram à medida 3- do PRODER. Se não houver interessados, depois, abre-se a outras microempresas que tenham produtos que na região sejam transformados e que se identifiquem com a região».
A Alimentaria Lisboa é um evento internacional que com o passar dos anos conseguiu estabelecer-se como ponte de contacto e negócios entre o mercado europeu e os países de língua oficial portuguesa – Brasil, Angola, Moçambique e Cabo Verde.
Alimentaria Lisboa é o encontro internacional da indústria alimentícia internacional e, a convite da organização, estarão também presentes os principais importadores de produtores portugueses na Europa — França, Alemanha, Espanha —, bem como os responsáveis de compra dos países da Europa de Leste e de outras partes do mundo, como o Canadá, Estados Unidos da América, Venezuela ou Austrália.
Estão presentes no certame a ViniLourenço (Poço do Canto / Mêda), Catedral de Baco (Poço do Canto / Mêda), Mel do Abel (Pinhel) e Lacticôa-Lacticínios do Côa (Vila Franca das Naves / Trancoso).
A Raia Histórica – Associação de Desenvolvimento do Nordeste da Beira abrange os concelhos de Trancoso, Mêda, Pinhel, Figueira de Castelo Rodrigo e Almeida.
jcl (com Raia Histórica)

Deixar uma resposta