O ano 2010 em revista

Logo Capeia Arraiana - Capeia Arraiana (orelha)

O ano de 2010, que agora finda, foi fértil em acontecimentos. Fazemos uma retrospectiva tendo em conta o que de mais relevante o Capeia arraiana publicou ao longo do ano. Desde a criação de várias associações de freguesia até às polémicas politicas locais, passando pelo atingir de um milhão de visitas pelo blogue e pelas entrevistas aos deputados do distrito, de tudo um pouco se dá nota seguidamente.

Janeiro
Nesses dias de frio intenso a política concelhia esteve ao rubro, com o executivo camarário dividido e sem entendimentos à vista.
Exemplo disso foi a entrevista que Joaquim Ricardo, vereador do MPT, deu ao Capeia Arraiana, afirmando haver uma manifesta «falta diálogo entre o PSD e a oposição» e esclarecendo as razões do impasse na nomeação do Conselho de Administração da Sabugal+ e em outras matérias relevantes.
Nesse Janeiro o colaborador João Valente lançava, na sua crónica semanal «Arroz com todos» uma dúvida inesperada: E se o Rio Côa não passa no Sabugal? Documentos históricos apontam para que a nascente da actual ribeira de Alfaiates é que era considerada a nascente histórica do rio Côa, o que mereceu amplo debate.
A crise chegou à Santa Casa da Misericórdia do Sabugal, com os irmãos da Mesa Administrativa a apresentarem a demissão.
O concelho do Sabugal marcou presença na 22.ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa, onde, integrado no stand das Termas de Portugal, promoveu o futuro complexo das Termas do Cró.
As Juntas de Freguesia da Bendada, Casteleiro, Moita, Santo Estevão e Sortelha, anunciaram a constituição da Associação de Freguesias «Terras Quentes do Concelho do Sabugal», assim iniciando um processo de criação de associações de freguesia no concelho do Sabugal, o que iria marcar o ano de 2011.

Fevereiro
Os sabores gastronómicos raianos foram promovidos em 13 restaurantes do concelho do Sabugal no quadro da 3.ª edição dos Roteiros Gastronómicos. A iniciativa incluiu o VI Almoço da Confraria do Bucho Raiano, realizado a 13 de Fevereiro, no restaurante Robalo. No mesmo dia os colaboradores e amigos do Capeia Arraiana encontraram-se no Sabugal, na Casa do Castelo.
A Associação de Freguesias «Terras do Forcão» começou a tomar forma, com uma primeira reunião nos Fóios, juntando para além da junta anfitriã as de Aldeia do Bispo, Aldeia da Ponte, Aldeia Velha, Alfaiates, Forcalhos, Lageosa, Malcata, Quadrazais, Soito e Vale de Espinho.
Na sequência dos Roteiros Gastronómicos, os restaurantes do concelho do Sabugal reuniram com a Câmara Municipal e propuseram acções de valorização e divulgação do concelho tendo por base os sabores que a região pode oferecer. A iniciativa que não teve qualquer seguimento.
Com as chuvas intensas a água da barragem do Sabugal subiu até à cota máxima, saindo pela descarga de superfície. Temeu-se o regresso das cheias ao rio Côa.

Março
O vereador socialista António Dionísio pediu a suspensão de funções, por problemas de saúde.
O governador civil da Guarda, Santinho Pacheco, realizou, no dia 8, uma «Homenagem à Mulher da Guarda», através de uma cerimónia de distinção a mulheres do Distrito que se destacaram. Entre as homenageadas esteve Benedita Rito Dias, Presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Soito.
As Juntas de Freguesia de Aldeia da Ribeira, Badamalos, Bismula, Rebolosa e Vilar Maior iniciaram os procedimentos para constituírem a «Associação de Freguesias Nordeste Sabugal».
O restaurante Adega Típica Quarta-feira, em Évora, propriedade do sabugalense José Dias, recebeu a Confraria do Bucho Raiano num almoço onde o Bucho rivalizou com ementas típicas do Alentejo.

AbrilAntónio Serrano
«O Capeia Arraiana vai passar a ser pago», titulámos no primeiro dia de Abril. Desenvolvendo: «A continuidade deste espaço vai obrigar a tomar uma decisão difícil mas necessária. A partir de amanhã o acesso aos conteúdos do Capeia Arraiana obrigam a inscrição e a pré-pagamento de uma mensalidade». Tratou-se de uma homenagem às mentiras, no dia delas, mas o post brincalhão fez com que muitos caíssem na esparrela e comentassem o facto, lamentando tão inusitada decisão.
O Sporting Clube do Sabugal fez história ao conseguir arrebatar a Taça de Honra da Associação de Futebol da Guarda, num jogo disputado com a equipa de Gouveia, que face ao empate final a duas bolas, obrigou à disputa por grandes penalidades.
A construção de um parque eólico junto à aldeia histórica de Sortelha, concelho do Sabugal, começou a gerar polémica entre os moradores, motivando uma petição on-line para tentar impedir a obra.
Em 17 de Abril realizou-se o 1.º Capítulo e Cerimónia de Entronização da Confraria do Bucho Raiano e dos seus confrades, seguido de um desfile de confrarias pelas ruas do Sabugal e do almoço do Bucho no Raihotel.
António Serrano, Ministro da Agricultura, foi ao Sabugal no dia 26 de Abril, onde presidiu às jornadas «Agricultura e Desenvolvimento Regional no Distrito da Guarda», realizadas no auditório municipal. Elegemos este evento como o acontecimento do ano.
O documentário «Há Tourada na Aldeia», filmado nas nossas terras pelo realizador Pedro Sena Nunes, foi um dos grandes destaques da edição 2010 do Festival de Cinema «Indie Lisboa». Também o documentário «Muito Além» do realizador Mário Gomes, rodado em Aldeia da Ponte, se estreou no Festival.
Na noite de 30 de Abril o edifício da Câmara Municipal do Sabugal foi assaltado. O cofre foi arrombado e dele retirados valores monetários. Equipas de investigadores da GNR foram ao local, mas não se conheceram os resultados da investigação.

Maio
José Diamantino dos Santos, fundador e director do Externato Secundário do Sabugal, foi homenageado postumamente, por ocasião do quarto encontro de antigos alunos e professores do colégio.
O Sporting do Sabugal venceu o jogo da última jornada mas não subiu de divisão. O Sabugal tinha de vencer o seu jogo e esperar que o Aguiar da Beira empatasse em Vila Nova de Tazem. Tal não aconteceu, assim se gorando a hipótese do Sabugal ascender aos campeonatos nacionais.
A equipa do Soito viveu a sua primeira época na 1ª divisão distrital, acabando na 12ª posição, garantindo o cumprimento do objectivo: manter-se na divisão principal.
O Executivo Municipal do Sabugal aprovou por unanimidade a proposta do presidente da Câmara de incluir mais dois vereadores na gestão política permanente da autarquia. Um dos vereadores escolhidos para as novas funções foi Ernesto Cunha, eleito pelo PSD, porém o outro nome, que teria de vir da oposição, demorou algum tempo a ser conhecido.
A Capeia Arraiana voltou ao Campo Pequeno no dia 29 de Maio, e os sabugalenses juntaram-se em Lisboa para conviver em clima de grande amizade.

Junho
José AlbanoQuinta-feira, 3 Junho, 20.45 horas – o Capeia Arraiana atingiu o 1.º milhão de visitas únicas, de acordo com o registo do Sitemeter. Para comemorar o blogue foi à Assembleia da República entrevistar os deputados eleitos pelo círculo eleitoral da Guarda, numa parceria com a Local Visão Tv da Guarda.
A 10 de Junho o Capeia Arraiana participou no 1.º Encontro de Bloggers em Trancoso, editando um artigo em directo, durante a nossa participação enquanto oradores. Fez-se um resumo da história deste espaço de informação e debateram-se ideias com os demais participantes.
José Albano Marques foi nomeado director do Centro Distrital da Segurança Social da Guarda, deixando o lugar de deputado pelo PS na Assembleia da República, onde foi substituído por Rita Miguel.
Joaquim Ricardo, foi a escolha do presidente da Câmara do Sabugal para ocupar o lugar de vereador em permanência que estava em falta, acumulando a vereação com o cargo de presidente do conselho de administração da Sabugal+. Soube-se a 16 Junho, sendo o facto tornado público pelo Capeia Arraiana. «Não há soluções perfeitas mas não tenho dúvidas de que esta é aquela que melhor traduz os interesses do Concelho», afirmou António Robalo, num comunicado acerca da decisão.
O vereador António Dionísio, cabeça-de-lista do Partido Socialista às eleições autárquicas de Outubro de 2009, divulgou um comunicado com esclarecimentos sobre uma participação que lhe foi movida no Tribunal Judicial do Sabugal por irregularidades no cumprimento da Lei Eleitoral, informando que a mesma fora arquivada por estar desprovida de fundamento.
Os três vereadores socialistas, António Dionísio, Luís Nunes e Sandra Fortuna, emitiram um comunicado de imprensa em resposta ao do Presidente do Município.
A 23 de Junho o vereador socialista António Dionísio, solicitou por carta enviada aos serviços camarários a suspensão do mandato.

Julho
O vereador Joaquim Ricardo, emitiu um comunicado, explicando as razões por que aceitou entender-se com o presidente da Câmara para formar uma nova maioria. «As negociações culminaram com o acordo para ocupar o lugar de vereador a tempo inteiro e o lugar de presidente do Conselho de Administração da Sabugal+, EM. O desafio não é fácil», concluiu Joaquim Ricardo.
A loja Portugal Rural foi inaugurada no bairro de Campo de Ourique, em Lisboa, com a presença do ministro da Agricultura, António Serrano, dos representantes da Pró-Raia, António Robalo e Elsa Fernandes e dos deputados pelo círculo da Guarda, Carlos Peixoto e João Prata.
A Festa do Cavalo e do Toiro decorreu no fim-de-semana, dias 3 e 4, na Praça Municipal do Soito. Houve concentração de cavaleiros, actuaram grupos musicais, e realizou-se uma corrida de toiros à portuguesa.
Os Vereadores eleitos pelo PS, tornaram pública a decisão de impugnar a eleição do conselho de administração da Sabugal+, presidido por Joaquim Ricardo, com o fundamento de que ele não poderia ter participado na sua própria eleição para o lugar, realizada na reunião de executivo do dia 16 de Junho.
O festival musical de Verão «Artes do Alto Côa» e a «Festa da Europa» no Sabugal dividiram-se entre a Praia Fluvial e o Largo do Rio Côa em frente ao Tribunal, tendo ocorrido durante vários dias.
O primeiro-ministro José Sócrates, acompanhado do ministro da Agricultura, António Serrano, inauguram no dia 21 de Julho, a mini-hídrica instalada na descarga do transvase da barragem do Sabugal para o Meimão. Após a cerimónia José Sócrates parou no Casteleiro para cumprimentar António José Marques, presidente da Junta de Freguesia.
A 27 de Julho foi publicada no Capeia Arraiana uma grande entrevista a António Robalo, presidente da câmara. Falou das dificuldades de governar sem maioria absoluta e do entendimento com o vereador Joaquim Ricardo para garantir a viabilidade nas votações. Falou também de outras grandes questões da actualidade e do futuro do concelho.

Agosto
Capeia Arraiana - SabugalA comissão política concelhia do Partido Socialista do Sabugal criticou severamente o projecto de Plano Regional de Ordenamento do Território da Região Centro (PROT-Centro), considerando que o documento deixa o Sabugal «completamente à margem das dinâmicas de desenvolvimento».
Houve grande festa na Bendada, no dia 11. A aldeia da música engalanou-se para receber as centenas de amigos que marcaram presença nos 140 anos da Sociedade Filarmónica Bendadense.
As capeias aconteceram em toda a raia trazendo fazendo com que as aldeias revigorassem, enchendo-se de gente.
A edição de 2010 do Festival «Ó Forcão Rapazes», decorreu na Praça Municipal no Soito, que teve as bancadas repletas de aficionados.

Setembro
Os eleitos do Partido Socialista no executivo municipal do Sabugal, pela voz da vereadora Sandra Fortuna, contestaram o facto de não terem sido convidados a estar presentes na recepção oficial à Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação Social, Idália Moniz, que visitou o concelho no dia 21 de Agosto, por ocasião do Festival do Forcão, reclamando o cumprimento do estatuto da oposição.
O Festival das Confrarias Gastronómicas, realizado em Lisboa no fim-de-semana de 4 e 5 de Setembro, contou com a presença da Confraria do Bucho Raiano, que ocupou os três espaços disponíveis: restaurante, degustação de petiscos e artesanato. O presidente da Câmara do Sabugal António Robalo serviu bucho ao seu congénere de Lisboa, António Costa.
Victor Villadangos, um dos mais talentosos guitarristas argentinos da actualidade, deu um memorável concerto no Auditório Municipal do Sabugal no dia 10.
Uma selecção de bravos sabugalenses levou a capeia arraiana ao concelho de Tábua no distrito de Coimbra. No sábado à noite, 18 de Setembro, mais de 2500 pessoas assistiram embasbacadas no campo de futebol às investidas de dois toiros no forcão e ao jogo de pernas e de bem rabejar da malta de Alfaiates, Aldeia da Ponte e Soito.
O Partido Socialista, pela voz de Nuno Teixeira, deputado municipal e presidente da concelhia sabugalense do partido, atacou frontalmente a execução autárquica ao fim de quase um ano de mandato, defendendo que apenas se tem feito uma gestão corrente. A intervenção aconteceu na sessão da Assembleia Municipal de 24 de Setembro, que ficou ainda marcada pela intervenção do deputado Manuel Rito, que fez um aviso à navegação apontando qual o rumo certo a seguir.
A mesma Assembleia Municipal deliberou, por unanimidade, classificar a capeia arraiana, tourada que inclui a lide dos touros com recurso ao forcão, como «património cultural imaterial de interesse municipal».

Outubro
O grupo do MPT na Assembleia Municipal do Sabugal, respondeu com um comunicado à intervenção dos socialistas na Assembleia, defendendo a honra do vereador eleito pelo MPT, que consideraram ter sido ofendido. Porém dois dos eleitos na lista do MPT, António Gata e Francisco Bárrios, esclareceram depois estarem em desacordo com o comunicado dos restantes deputados do MPT.
A 5 de Outubro os 100 anos da República foram assinalados com pompa e circunstância no concelho do Sabugal. A Comissão do Centenário, presidida por Adérito Tavares, preparou, com dignidade e qualidade, um programa comemorativo que destacou os valores republicanos da educação, liberdade, igualdade e justiça para todos.
A sessão extraordinária da Assembleia Municipal do Sabugal, marcada para 29 de Outubro, foi boicotada pelos deputados do PSD que não compareceram à reunião assim a inviabilizando por falta de quórum. Na ordem do dia estava a análise e discussão do PROT-Centro.
A inviabilização da assembleia gerou um comunicado de imprensa assinado pelos deputados do PS, que acusaram os eleitos pelo PSD de não estarem interessados em defender os interesses do concelho.
O Grupo do PSD divulgou também um comunicado explicando a tomada de posição de não compareceram na sessão extraordinária da assembleia, cuja convocatória consideraram desadequada.

Novembro
Novembro foi o «Mês da Tradição e dos Sabores», com a realização de um conjunto de iniciativas tendo em vista a promoção da gastronomia e das tradições raianas.
No dia 13, cerca de 60 confrades e amigos do bucho raiano reuniram-se em Lisboa, na Churrasqueira do Campo Grande, onde apreciaram a iguaria gastronómica.
No intuito de fomentar hábitos de leitura e de escrita, bem como preservar as tradições do território raiano do Concelho do Sabugal, foi instituído o «Prémio Literário Blogue Capeia Arraiana / Agrupamento de Escolas do Sabugal 2011».
O Governador Civil da Guarda, Santinho Pacheco, organizou uma reunião com autarcas do distrito para debater o PROT-Centro.
A vereadora socialista Sandra Fortuna defendeu em reunião do executivo municipal que a construção da estrada de ligação do Sabugal à A23 era uma obra utópica, cujos trabalhos deveriam parar imediatamente.
A Fanfarra Sacabuxa da Associação da Juventude Activa da Castanheira venceu a final do Concurso Nacional de Música da Fundação INATEL realizado no dia 20 de Novembro em Beja.
Realizou-se no dia 25 a tradicional Feira de Santa Catarina na Rebolosa, nesta edição com a presença da Confraria do Bucho Raiano.
A notícia relativa à proposta da imediata suspensão da obra da estrada Sabugal-A23, defendida pelos eleitos do PS no executivo municipal, levou a uma reacção do vereador Joaquim Ricardo que afirma nunca ter mudado de opinião nesta matéria, sendo frontalmente contra a continuidade da obra a expensas da Câmara

Dezembro
No dia 4 todos os caminhos foram dar a Ruivós, onde teve lugar a Rota das Adegas, que proporcionou a prova do vinho novo em 16 produtores locais.
O vereador Joaquim Ricardo, eleito pelo MPT, colocou à disposição o lugar de presidente do conselho de administração da empresa municipal Sabugal+, na sequência de pareceres da Associação Nacional de Municípios Portugueses e da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro que colocam em questão a legalidade da sua eleição para o cargo. O executivo nomeou um novo conselho de administração, presidido por António Robalo mantendo-se os vogais Vítor Proença e Fernanda Cruz.
A Câmara Municipal do Sabugal não renovou o protocolo que mantinha com o Regimento de Engenharia de Espinho para a realização das obras da ligação do Alto do Espinhal ao nó de Belmonte da Auto-Estrada da Beira Interior (A23).
A Câmara Municipal do Sabugal e a Associação dos Bombeiros Voluntários do Sabugal foram homenageadas durante a primeira Gala da Federação dos Bombeiros do Distrito da Guarda, que teve lugar em Folgosinho no dia 10 de Dezembro.
Comunicados da comissão política concelhia do Partido Socialista e do vereador Joaquim Ricardo, eleito pelo MPT, deram expressão pública à polémica criada com a demissão deste vereador da presidência da Sabugal+.
plb

Deixar uma resposta