Os cartazes das primeiras Capeias Arraianas

Casa do Concelho do Sabugal em Lisboa - © Capeia Arraiana (orelha)

Apresentamos os cartazes alusivos às três primeiras edições da Capeia Arraiana no Campo Pequeno em Lisboa, organizadas pela Casa do Concelho do Sabugal, nos anos de 1978, 1979 e 1980.

Clique nas imagens para ampliar

O primeiro cartaz, referente à Capeia de 4 de Junho de 1978, anuncia a novidade: «Acontecimento inédito em Lisboa». Em ilustração está uma fotografia captada numa tourada em Aldeia Velha, com o touro e os rapazes a pegar ao forcão em primeiro plano. Ao fundo vêm-se os espectadores nas calampeiras, formadas por carros de vacas carregados de lenha, à boa maneira das antigas touradas da raia.
Anuncia-se ainda que os touros são de uma «distinta ganadaria do Ribatejo», embora a mesma não surja identificada.
Em grande destaque está a referência à organização da Casa do Concelho do Sabugal e a colaboração dos Bombeiros Voluntários do Sabugal, a que não é estranho o facto desta primeira capeia se destinar a angariar fundos para os bombeiros. Aliás, os bombeiros foram sempre presença assídua nas várias edições da tourada de Lisboa.
O segundo cartaz anuncia a capeia de 2 de Junho de 1979, tendo como ilustração uma fotografia tirada na primeira capeia e um desenho com um forcão e um touro. Este segundo cartaz acrescenta informação pertinente acerca do que constará o espectáculo: «Desfile dos toureiros com alabardas. Formalidades do pedido da praça. Forcão e tamborileiro.»
O terceiro cartaz, referente à capeia do dia 31 de Maio de 1980, não tem fotografia, apresentando antes o desenho estilizado de um forcão com os pegadores a desafiarem um enorme touro negro. Também este cartaz, à semelhança do do ano anterior, faz referência, em letra pequena, ao que compõe o espectáculo.
Os três primeiros cartazes das capeias de Lisboa têm um formato comum, com dimensões também similares e todos encimados com a referência ao Campo Pequeno como local de realização do espectáculo. Todos os cartazes contêm em nota de rodapé o aviso de que os «convites» podem ser adquiridos antecipadamente na Casa ou na sede dos Bombeiros do Sabugal, ou também, no dia da tourada, na praça de touros.
plb

2 Responses to Os cartazes das primeiras Capeias Arraianas

  1. João Duarte diz:

    Eu ainda tenho um destes cartazes, colado numa parede do sótão da minha casa.
    Mas lembro-me bem de uma situação com o cartaz da primeira capeia: aquando do concerto dos Faíscas, no Sabugal , em 27 de Maio de 1978, alguém (que julgo que pertencia à Casa do Concelho), levou e colocou os cartazes no átrio do Cine-Teatro, enquanto se esperava a chegada dos Faíscas. O que é certo é que os cartazes pararam lá pouco tempo, porque alguém os rasgou. E garanto que não fui eu. Só havia lá malta jovem, no concerto, mas nessa época essa malta que vivia no concelho não ligava tanto à capeia em Lisboa como liga agora.

  2. Jorge Clemente diz:

    Tinha eu 6 anos, em 1980 quando foram distribuidos autocolantes de fundo vermelho e com o logotipo deste cartaz, a quem ia ao piquenique junto ao Seminário dos Olivais. Quem não se lembra?? Não queria terminar, sem fazer referência a um familiar meu entretanto já falecido, que trabalhava na Quinta onde se faziam os piqueniques, ao serviço da Câmara Municipal de Lisboa, Sr. Joaquim Clemente, mais conhecido por “Quim-Tó” que era um grande colaborador, segundo reza a História.

Deixar uma resposta