Manuela Ferreira Leite no dia 18 na Guarda

A presidente do PSD, Manuela Ferreira Leite, tem programados para sábado, 18 de Abril, uma visita ao distrito da Guarda e um comício na cidade guardense. A apresentação pública de alguns candidatos autárquicos laranjas poderá ser uma hipótese na agenda da líder social-democrata em terras beirãs.

Manuela Ferreira LeiteO «Fórum Portugal de Verdade» anda na estrada com a sua principal protagonista a líder social-democrata, Manuela Ferreira Leite, desdobrando-se em comícios e sessões de esclarecimento. Na quinta-feira, 16 de Abril, estará em Aveiro, no dia 17 em Castelo Branco e no sábado marcará presença na Guarda, igualmente, para um comício.
Esperam-se muitas novidades «laranjas» entre a Páscoa e o final do mês de Abril. Está marcada para o dia 14 de Abril uma reunião da Comissão Permanente e da Comissão Política Nacional do PSD. Os estatutos do partido dão competências à Comissão Política Nacional para apresentar ao Conselho Nacional as propostas de listas de candidatura ao Parlamento Europeu competindo ao Conselho Nacional do partido a última palavra. O Tribunal Constitucional obriga à apresentação das listas dos candidatos ao Parlamento Europeu até ao dia 27 de Abril.

A cidade da Guarda poderá ser, no dia 18 de Abril, o palco escolhido para dar a conhecer novidades «europeias» e para algumas apresentações… autárquicas.
jcl

2 Responses to Manuela Ferreira Leite no dia 18 na Guarda

  1. Kim Tomé diz:

    lol
    «Fórum Portugal de Verdade»
    Não é essa Senhora uma das responsáveis pela crise que o país atravessa?
    Não foi ela governante numa pasta critica?
    A sorte dela é que os portugueses são amorfos e só vem futebol e telenovelas, caso contrario levaria com tantos sapatos…
    Quantas vezes essa senhora se lembrou da Guarda ou do Sabugal enquanto ministra?
    Não se deve ter lembrado nenhuma.
    Agora anda atarefada a conquistar votos… já se lembra que aqui também se vota.
    Onde vão estar os da terra?
    A bajula-la em vez de lutarem por esta terra, de certeza.
    Felizmente que este país está a bater no fundo, talvez a fome e a miséria abra a cabeça das pessoas e as faça esquecer o futebol e deixar de bajular gente que apenas tem contribuído para colocar este país na miséria.

Deixar uma resposta